terça-feira, setembro 20, 2005

CANSAÇO
Enfermeiros anunciam greve contra aumento de idade da reforma .
Estou completamente de acordo com os enfermeiros: é uma violência obrigá-los a trabalhar 40 anos. Pensam que é fácil passar quatro décadas a dar à língua nos corredores? E passar dias inteiros a ver os auxiliares de um lado para outro? Aquilo cansa pá, cansa muito.
WALDORF

11 comments:

Blogger Winters said...

Sim, coitados dos enfermeiros, e ainda por cima eles ganham tão pouquinho...

12:38 da tarde  
Blogger Porti said...

isto é que é humor do bom... sim senhor! um pouco mais de objectividade tb não fazia mal nenhum, mas isso já pedir muito. até pq, qd se tem dinheiro para ir a uma clínica privada não interessa nada isso do SNS, que tão mal funciona... mas que em 2001 era, segundo a OMS, o 12º melhor do mundo!
e isso dos direitos das pessoas, das conquistas de uma revolução que foi há 30 anos tb conta pouco... até que um dia nos toca a nós, mas aí, como diz o poema, já será tarde para acordar!

12:56 da tarde  
Blogger WALDORF said...

Ó Porti, há conquistas que dão nisto: um sistema insustentável a médio prazo.
Podemos sempre assobiar para o lado e pensar: bem, nós fizemos uma revolução por isso temos direitos adquiridos. Quem vem a seguir que se lixe.
Um bocadinho egoísta, não?

1:10 da tarde  
Blogger antonio bonifacio said...

Não lhes desejo mal nenhum. Bem pelo contrário: Que tenham muita saúde.
Mas no dia em que forem internados num hospital público, quiçá engessados, ou num pós-operatório, verão quem é que os trata, quem os mima, quem lhes acode nas aflições.
Se são os enfermeiros e, sim claro, os auxiliares, ou quem é!
Cuspir para o ar tem desvantagens: Por vezes cai-nos em cima...

4:51 da tarde  
Blogger heidy said...

Sim... mas tal como profs não tratam mal outros profs; camionistas outros camionistas; médicos outros médicos... sendo enfermeiro, óbvio que não serás tratado como igual a um pobre coitado que apareça nas urgências.

6:10 da tarde  
Blogger WALDORF said...

Alguns, alguns. Como sempre, paga o justo pelo pecador!

6:11 da tarde  
Blogger o maior said...

Tu percebes muito disto, Waldorf. Muito mesmo. Que tenhas muita saúde. Muita mesmo. Porque a julgar pela tua (e de muitos outros, ao que parece) opinião, qualquer dia acaba-se com a enfermagem, a maior e mais inútil praga da sociedade.
Mas eu percebo, deve ser alguma fantasia não concretizada com enfermeiras que tu tens...

12:44 da manhã  
Blogger WALDORF said...

Ó maior, mas achas que ainda vou a tempo de concretizar a fantasia? É que nesse caso mudo já de opinião, pá.

1:35 da tarde  
Blogger aurora said...

(suspiro...)

11:49 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Espero que quando tiveres de por uma algália não apanhes nenhum enfermeiro em final de carreira....

5:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

bem...à partida pensava que os utilizadores deste blog eram dotados de alguma inteligência e poder racional de crítica, mas qual não é o meu espanto quando me deparo com este tipo de declarações. «Enfermeiros, 40 décadas a dar a letra nos corredores???!!! Praga da sociedade??? Bem pagos????»

Realmente fiquei atónita...ste tipo de declarações denunciam uma ignorância tamanha... ignorância tamanha relativamente a uma classe profissional que trabalha quotidianamente em ambientes de risco epidemiológico, de desgaste físico e emocional... uma classe de profissionais com uma formação académica ao mais alto nível e que prestam cada vez mais cuidados de excelência...

Tomara que a sorte vos envolva nesta vida e não tenha, nunca de cair numa cama de hospital...e aí seja um "enfermeiro" que vos acompanhe, vos presta os cuidados de higiene, controle a vossa medicação,monitorize as vossas funções biológicas....Vos cuide do corpo e da alma...muito menos que tenha de ser nos braços de um enfermeiro o vosso leito da morte...

1:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home