quarta-feira, setembro 28, 2005

PORTUGREVE
Quem precise de resolver qualquer coisa que implique Função Pública está quilhado: a greve é quase geral.
Pede-se encarecidamente ao Governo que ajude a população, enviando diariamente às televisões um Boletim de Greves para ser emitido a seguir à meteorologia. Como o espaço televisivo é caro, anunciem os sectores que não estão em greve e sempre poupam uns cobres.
WALDORF

7 comments:

Anonymous SuperBock said...

Chegamos ao ponto do: "casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão"

11:48 da manhã  
Anonymous Rodolfo faz greve ao chocolate :) said...

Podem sempre fazer como o boletim de risco de incêndio. Já estou a ver: "E hoje, temos 5 distritos onde o risco de greve é máximo..."

1:45 da tarde  
Blogger Elfo said...

E eu aposto singelo contra dobrado em como estes posts e comments foram encomendados pelo sinhor inginheiro josé sócrates a serem postados e comentados durantes as ditas horas como serviços mínimos.

2:29 da tarde  
Blogger birbante said...

Enquanto os lorpas do privado se atiram aos funcionários públicos, os politicos continuam a reformar-se, como o PSL, aos 49 anos. Qualquer burro sabe, que é preciso dividir para reinar.

5:14 da tarde  
Blogger WALDORF said...

Ó birbante, tu insistes: nós também somos funcionários públicos, pá.

9:04 da tarde  
Blogger Sininho said...

Tadinhos dos funcionários públicos,
que lixam a maioria (que não é pública) e que,quer queira, quer não queira, tem de gramar a falta de serviços pagos com os impostos dos contribuintes!
Os Juizes e companhia, então, escolheram, a dedo, os dias:
Quinta e Sexta, descansam Sábado e Domingo, retomam Segunda e Terça.
É só rir....e pagar.

7:16 da tarde  
Blogger Elfo said...

Atão krias k grevassem ao domingo à hora da missa, não?
Tem dó!

11:42 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home