quinta-feira, novembro 17, 2005

LISTAS DE ESPERA
O ministro da Saúde considera que o elevado número de médicos em alguns hospitais é uma "vergonha nacional" e deu um exemplo: "Há 59 médicos oftalmologistas no Hospital dos Capuchos e no entanto se quiser uma consulta não consegue..
Ao contrário do que sugere o ministro, o atraso nas consultas não se deve às ausências dos médicos, mas ao excesso de educação nesta classe.
Reproduzimos aqui uma conversa escutada no gabinete dos médicos.
Administrativo: Bom dia senhores doutores.
Médicos: bom dia
Administrativo: tenho aqui as consultas marcadas para hoje. Posso começar a chamar?
Médicos. Faça favor.
Administrativo: Posso mandar entrar o senhor X para o Gabinete 1?
Médicos. Claro
Administrativo: Quem vai dar a consulta?
Médico 1: Vou eu.
Médico 2: Ora essa, fique a descansar, que vou eu.
Médico 1: Era só o que faltava, colega. Eu trato do assunto.
Médico 2: Pronto, para não haver chatice, vai o colega C.
Médico 3: Por amor de Deus, colegas, façam favor de resolver o assunto, para não ser eu o mau da fita. Só me faltava agora ser acusado de andar a roubar pacientes aos colegas.
(duas horas depois)
Médico 59: Eu? Estão a brincar ou quê?
Administrativo: Bem, caros doutores, é meio-dia. Vamos ao almoço e depois passamos às marcações da tarde.
WALDORF

12 comments:

Anonymous Anónimo said...

Afinal não são 59 mas só 30 ....dito pela directora do seviço de oftalmologia dos Capuchos....o xõr ministro corrige e diz... que afinal é em dois hospitais...ministro precisa de ir rápidamente ao médico...falta de vista....
Ass-promecanito

1:59 da tarde  
Blogger Zero said...

ou então - Vamos ao almoço que é para isso que cá estamos.

(engraçado que essa frase também se usa muito cá pelo quartel).Humm, tá certo.

4:15 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

naa, naa, que o ministro já veio assumir o erro de cálculo, são 58!!!!
«É preciso fazer uma pequena correcção não se trata do Hospital dos Capuchos apenas, mas do Centro Hospitalar Oriental Lisboa, onde o Hospital dos Capuchos se integra, e é um dos dois grandes hospitais, há um terceiro muito mais pequeno. Em segundo lugar uma outra correcção não são 59, mas 58»

4:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Este ministro é um cromo.

4:47 da tarde  
Blogger heidy said...

Bem, cuidado que eles andam a rondar... a seguir vão cortar em quÊ? nos seus motoristas? seguranças? equipa de chefes de cozinha? ans casas que lhes são dadas quando vão para o governo?; nos salários (ainda não ouvi ninguém falar nos chorudos salários deles)?.....

9:44 da tarde  
Anonymous calhordus said...

Oftalmologia! É isso 58? O boy, É POR ISSO QUE EXISTE TANTOS CÉGOS!Né verdade mom oncle Soares?

7:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ilude-se kem pensa k os medicos ganham mto no hodpital!

11:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

e no hospital tb nao.

11:51 da tarde  
Blogger MeThePUMA said...

ah seguramente que n!
no hospital, passam as manhãs a descansar, pq as tardes vão ser cansativas nos consultórios privados!
Aí, sim, facturam BEM!

11:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tb facturam nos púbicos...não se preocupem. Pelas horas extraordinárias, claro, que as ordinárias não são para cumprir!

12:57 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Enjoyed a lot! antispam Seattle audi dealers

3:27 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. Alaska homeowners insurance quotes Stereotypical poems about blondes Toyota corolla service bulletin power steering moen faucets

12:49 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home