quarta-feira, novembro 02, 2005

Proximizade

Proximidade e mão amiga. "Proximizade", feita do entusiasmo voluntário de quem quer ajudar a combater a apatia, a dispersão e a insensibilidade que nos ameaça se continuarmos indiferentes ao que se sabe e ao que se vê. Aqui, já está a acontecer.





Pessoas que precisam, invisíveis. E pessoas que têm muito para dar, quando não desperdiçam. Tempo, motivação, consciência. E dinheiro, também.

Entre este binómio, uma via de comunicação. A blogosfera, internet no seu melhor quando o que se escreve e o que se lê tendem a conjugar-se no verbo aproximar.

Dois mundos nos antípodas, um vítima dos excessos e outro à míngua das suas migalhas. Gente com fome, crianças, que sobrevivem apenas para ganharem forças para fugir à miséria. Rumo ao lado de cá, que os recusa.

A caridade já não basta e é necessária intervenção. Amizade em estado puro, reunida por gente que bloga em torno de um objectivo comum: fomentar a generosidade como uma urgência e canalizá-la para as melhores mãos (as mais necessitadas).

Proximidade e mão amiga. Proximizade, feita do entusiasmo voluntário de quem quer ajudar a combater a apatia, a dispersão e a insensibilidade que nos ameaça se continuarmos indiferentes ao que sabe e ao que se vê. E ao que se deixa por sentir.

Nós sentimos assim. E acreditamos numa sociedade que quer sentir da mesma forma e intervir sem demora.

Aqui, já está a acontecer.

84 comments:

Blogger Bart Simpson said...

Muito bem.

9:55 da manhã  
Blogger aurora said...

Apoiado.

11:05 da manhã  
Blogger heidy said...

"A caridade já não basta e é necessária intervenção. "

É verdade! não basta dar uma esmolinha e não pensar mais no assunto. Temos de actuar e ver os resultados.
Só tenho pena, que muitas pessoas após a época natalicia se esqueçam desse factor.

11:06 da manhã  
Blogger piscoiso said...

A minha tia Gelsomina costuma ir à beira rio dar esmola a quem está a pescar.

12:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

http://deliberativo.blogspot.com/

o Embuste democratico

12:57 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

Dar uma "esmola" é muito válido, mas é apenas uma gota de agua num vasto oceano de necessitados... Enquanto se gastam milhões em coisas dispensáveis, como ir de Falcon ao futebol, há quem passe fome, mas isso não interessa nada! É louvável e lamentavel que sejam sempre os anónimos a dar a tal "esmola"...
Aproveito para pedir para irem clicar no site do cancro da mama que está prestes a fechar por falta de apoio.

2:16 da tarde  
Anonymous dicadasemana said...

iniciativas como esta não são mais do que cuidados paliativos...

e servem mais para descançar as vossas consciências do que para resolver qualquer problema.

3:32 da tarde  
Blogger Animal said...

ah pronto. esta noite já não preciso de valium. fixe.

3:34 da tarde  
Blogger aurora said...

Ó animal, comentários foleiros deviam ir direitinhos pró caixote do lixo! Que é isso de descançar?
Heim??

4:26 da tarde  
Blogger Animal said...

às vezes é preciso deiar uns bocadinhos de excremento aqui e ali. para não perdermos o sentido do olfacto, tão anestesiado que está, com este frio...

4:32 da tarde  
Blogger Animal said...

exquexi-me do xis ali no dei_ar...

4:33 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

dica:A mim o que me faz descansar é mesmo a cama...

5:07 da tarde  
Blogger Animal said...

às vezes é o pior sítio para isso... basta não ter um colchão pikolin

7:20 da tarde  
Anonymous Tom Alah said...

Mais do que descansar consciências, estas iniciativas visam agitá-las. E, digo eu, se cumprirem esse objectivo, então já valeram a pena.
Criticar é sempre fácil. Fazer algo de útil, já não tanto...

9:05 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

E no sofá?...nem tu sabes como se descansa bem lá!...:-)

9:50 da tarde  
Anonymous dicadasemana said...

a malta aqui, pelos vistos, não gosta muito de ser contrariada.... queres lá ver que enfiaram o barrete.

vocês podem fazer as iniciativas que muito bem entenderem, eu só gostaria que me explicassem quais, para além de ficarem de bem com as vossas consciências, os reais efeitos dessa iniciativa!!!!

11:23 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

e já agora, esse tom de superioridade moral... como se clicar num qualquer link, ou fazer uma transferência bancária fosse um acto de heroismo, ....

é tão confortável, é tão simples, um gajo nem precisa de levantar o rabo da cadeira, clica e pronto: "...bom querida, já salvei um puto em Africa, olha se não te importas serve-me um visky, fachavor."

viva a internet, um gajo já pode ser solidário e mudar o mundo sem mexer uma palha.

11:31 da tarde  
Anonymous dicadasemana said...

desculpem a insistência mas esse anónimo sou eu.

11:31 da tarde  
Anonymous Rodolfo antecipa o natal :) said...

Interessante. É bom que de vez em quando nos mostrem que há todo um mundo lá fora que pouco ou nada tem a ver com o nosso. E que aquilo que para nós parece ser insignificante, para outros pode ser o sonho de uma vida. É bom que se agitem consciências. É bom que se estenda a mão, não numa perspectiva de "dar a esmolinha natalícia da praxe", mas com a ideia de que estamos a dar um pouco de nós a quem precisa. Mesmo que isso implique não levantar os traseiros das cadeiras. Mesmo que se resuma apenas a meia dúzia de palavras de afecto enviadas a um amigo. A internet também é isso...

11:48 da tarde  
Anonymous Miguel Lourenço Pereia said...

Viva caros Marretas..enviei-lhes um email há alguns dias com um convite para uma iniciativa que se está a organizar na blogosfera. Espero a vossa resposta, que, por questões de prazos, pedia que fosse o mais rapidamente possivel.
um abraço

12:23 da manhã  
Blogger Animal said...

mas o dicasdasemana mostrou como se pode dispender um precioso tempo na nobre causa de tentar salvar o mundo: a escrever comentários neste blogue...

e provavelmente nem teve de levantar o cu da cadeira para tão heróico propósito!

a consciência de tão heróica personagem deve estar a reverberar de luz divina. e tal como eu, não vai precisar de valium para dormir.

maravilha! o que a generosodade humana consegue com tão pouco esforço, pá. os gajos da Roche é que são capazes de não achar piada à coisa. paciência.

12:24 da manhã  
Blogger Bart Simpson said...

isso, animal, dá-lhes bem forte!

1:08 da manhã  
Blogger Animal said...

eu? não, que levantar o cu da cadeira dá cá um trabalhão!

1:13 da manhã  
Anonymous dicadasemana said...

Será que o Animal acha que os comentários neste blogue devem ser apenas para dizer bem?

E já agora, se querem ver ao vivo os efeitos do avanço do neo-liberalismo não é preciso ir a Africa, podem começar por fazer uma visita aos bairros pobres da Cova, como a Alampada por exemplo, onde nos últimos anos centenas de familias têm ficado sem emprego por via do encerramento das fábricas de lanificios.

qualquer arriscamo-nos a que um conjunto de tipos suecos ou noruegueses, com um grande coração, organizem um site que permita apadrinhar uma qualquer criança portuguesa.

9:43 da manhã  
Blogger Cruzeiro said...

dicadasemana:As opiniões de gente que pensa como tu, não são para mim uma contrariedade, porque não são dignos de conseguir contrariar ninguém, quem tem uma mente tão pobre como a tua, a unica coisa que me suscita é pena, nada mais.
Contrariedade pra mim foi o benfica ter perdido, isso é que é uma contrariedade, porque o benfica tem importancia, tu não!

9:49 da manhã  
Blogger heidy said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:05 da manhã  
Blogger heidy said...

Dica, trabalho em voluntariado há uns 15 anos, e de uma coisa te digo, faltam iniciativas! faltam pessoas! falta tudo! A noção que tenho, é que só na época de natal é que se olha um pouco para o lado e se nota que existem coisas menos boas na nossa sociedade. Aí sim, existe o tal descargo de consciência ao dar a tal moedinha. Se esta iniciativa serve de alguma coisa, boa! Ao menos fala-se! Ao menos serve para agitar! Não se vai a lado nenhum, sem primeiro se tomar uma atitude. Temos de começar por algum lado. E se as campanhas lá fora, no mundo dito real não têm efeito concreto, acho muito bem que se utilize a net. E este site em concreto está a dar resultado, pelo menos, onde quer que eu entre, a publicidade está a ser feita.

10:06 da manhã  
Blogger heidy said...

"qualquer arriscamo-nos a que um conjunto de tipos suecos ou noruegueses, com um grande coração, organizem um site que permita apadrinhar uma qualquer criança portuguesa."


e qual seria o problema? se ajudassem! ao menos era menso um menino/a a ficar nalguma instituição eternamente à espera de alguém; ou se calhar tiravam da rua alguma criança, que assim não teria de dormir ao relento... se calhar nunca viste a baixa lisboeta às 6:30 da manhã... eu já! Aconselho-te a prescindir da tua normal consoada e a ires passar o natal nas ruas no auxilio Às equipas, juro que ias descobrir muita coisa, aí talvez a net te surgisse como uma solução, ou o tal grupo sueco.

10:10 da manhã  
Anonymous dicadasemana said...

tem lá calma Cruzeironão te enerves tanto, olha que a assim perdes a razão...

e olha que misturar um assunto destes com o resultado do Benfica...

10:46 da manhã  
Blogger Cruzeiro said...

Qualquer iniciativa que se faça em prol de ajudar os outros, por pequena que seja, é sempre preferivel á passividade.

10:49 da manhã  
Blogger Cruzeiro said...

Eu não estou enervada dica, e a mistura foi apenas para demonstrar que pessoas com opiniões como a tua, pra mim têm menos relevancia que o benfica, são as tuas opiniões, não o assunto!
O assunto tem a importancia que todos nós lhe estamos a dar, excepto tu...mas todos temos direito a ter opinião, e tu tens a tua...

10:57 da manhã  
Anonymous dicadasemana said...

Heidy:

Não ponho em causa os objectivos ou principios morais de quem trabalha no voluntariado (tal não seria legitimo da minha parte), e já agora gostaria que também não me fizessem o mesmo só por ter uma opinião contrária.

Também não fui eu que falei no Natal (onde de facto as pessoas em geral estão -hipocritamente -mais despertas para estes assuntos).

O que eu critico é o principio catolico e reaccionário que está subjacente a este tipo de iniciativas, e que passa pela resignação com o estado das coisas, a ideia de que a pobreza e as desigualdades sociais são inultrapassáveis.

Assumindo este principio assume-se que o que se faz não serve para transformar o estado das coisas, mas apenas para suavizar o problema.

ideologicamente se calhar nem interessa muito alterar o sistema, porque o sistema capitalista globalizado vive das desigualdades sociais.

11:07 da manhã  
Blogger Cruzeiro said...

Infelizmente, as desigualdades socias, e por muito que as queiramos alterar, sempre irão existir.
Quem tem poder para as alterar não o faz, antes pelo contrário, perante isso, a unica coisa que podemos fazer é tentar minimizar as necessidades de cada um, seja via net, ou de qualquer outra forma, desde que seja ajudar alguém a melhorar um bocadinho a qualidade de vida, todas as formas são válidas.

11:17 da manhã  
Blogger aurora said...

Ai, tirem-me deste filme faxavore...

11:17 da manhã  
Anonymous dicadasemana said...

cruzeiro, disseste quase tudo, só te faltou dizer que se formos justos e nos confessarmos teremos no céu aquilo que não tivemos na terra.

agora sim, está tudo escrito.

até sempre

11:22 da manhã  
Blogger Animal said...

amén.

já agora, uma campanhazinha contra a miséria que se vive em Cuba? apadrinhar um puto cubano por exemplo... alinhas, ó dicas? ou ainda é demasiado católico?

2:23 da tarde  
Anonymous dicadasemana said...

....apanha-se mais depressa um anticomunista (que é mentiroso por natureza) que um coxo:-)

2:57 da tarde  
Anonymous dicadasemana said...

de facto, nos paises abaixo listados as condições de vida são muito melhores, ai pois são!!!

deve ser dos amigos americanos

olha que bem que se está no Haiti, ou el El Salvador e que tal na Nicarágua,..... porque é que não vai lá passar umas fériazinhas...

Antigua/Barbuda
Aruba
Bahamas
Barbados
Belice
Bermuda
Bolivia
Brasil
Chile
Colombia
Costa Rica
Dominica
Ecuador
El Salvador
Granada
Guadalupe
Guatemala
Guyana
Guyana Francesa
Haití
Honduras
Islas Caimán
Islas Vírgenes
Jamaica
Martinica
México
Nicaragua
Panamá
Paraguay
Perú
Puerto Rico
República Dominicana
San Cristóbal/Nieves
San Vicente/Granadinas
Santa Lucía
Suriname
Trinidad/Tobago
Uruguay
Venezuela

3:02 da tarde  
Anonymous dicadasemana said...

e já agora se se quiser dar o trabalho de comprovar sugiro-lhe que sonsulte o endereço: http://cfapp2.undp.org/hdr/statistics/data/xlfiles/hdr_dat_60420153.xls

assim poderá comparar os indicadores entre os paises da mesma região e tirar assim as suas conclusões (só que devidamente fundamentadas)

3:18 da tarde  
Blogger Animal said...

nah. dá muito trabalho pá. e nós os anticomunistas somos uns sornas do caraças.

prefiro sacar gajas da net

6:20 da tarde  
Blogger heidy said...

e a muce oh animal?

11:56 da tarde  
Blogger Animal said...

sacar muce da net?
podesmisplicar cuméqueçefaz?

12:05 da manhã  
Blogger heidy said...

bem... é fácil! já ouviste falar em teletransporte? muito utilizado no espaço 1999 e galáctica e afins?agora é netelestransporte...
e depois dizem que é dificil isto e aquilo!!!!

11:04 da manhã  
Blogger Porti said...

isto de ser professorinho, intlectual é mesmo fixe! mandamos uma bocas, damos uns trocos e está-se!
as desiguldades sempre existiram! por isso umas são "sacadas da net" e outros as "sacam"... é mais ou menos o mesmo que mandar uns trocos pa África e adoptar uma criancinha!
nós damos os trocos, o sistema que apregoamos dá o resto... armas, governos fantoche, homem do fraque, mais armas, 500 anos de exploração, umas minas...
mas que carago há sempre umas gajas para sacar da net e isso sim é uma resposta cool!

um pouco mais de nível, de reflexão e de entendimento global das questões não fazia mal nenhum... mas isto é um blog, cool!

11:43 da manhã  
Blogger Porti said...

e já agora, sabia que trabalho infantil é coisa que não existe lá em Cuba? não devia saber, isso dá muito trabalho e depois se comparar com o que se passa cá em Portugal... nem com valiuns lá vai!

12:08 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Porti, eis a minha tentativa de comentário sério, o mais suscinto possível:
As desigualdades são importantes e características das sociedades; só os comunistas, os anarkistas e outros teóricos imaginam k podem existir sociedades humanas, absolutamente igualitaristas..a importancia das igualdades prende-se com a importancia crusiald a diferença, se nao ha prisão não há liberdade, e se não há quem tenha mais poder que outros também não há liberdade, e se não há liberdade não há geração do cósmos[universo das coisas]... só estagnação.(como se as pessoas estando sujeitas a morrer nao pudessem nascer; com o tempo só a morte haveria).

O sistema socialista é inviável (kualker pessoa que saiba o que sao preços mínimos sabe isso), e por muitas outras razões de índice factual que fez com que a URSS gastasse mais de 60% do PIB para se autossustentar, o que nos países capitalistas é gratuito!! mas isso he irrelevente, não fosse este argumento: é que o sistema socialista económico e social (preparação para o comunismo, onde há a abolição do estado opressor e com ele das classes sociais), é mao! É ineficaz para a organização da sociedade, não a torna mais justa, nem evolui a vida dos sesu membros, não lhes confere mais liberdade, por ausencia da opressão do estado... isto em dois casos: caso ditatorial - em que as pessoas sao ainda mais oprimidas pelas instituiçoes do estado e no qual se vive ainda pior, sendo as esperanças de evolução individuais especialmente baixas (coisa que a democracia tornou maravilhosamente superior, já que não existe nenhuma casta social "especialista em mandar" como o comité central do partido comunista, ou os ditos nobres apontados por deus, ou os teólogos profétas, ou os salvadores da pátria... entre vários). o segundo caso é o caso anarquista - em que os problemas para não aprofundar (coisa que já fiz num discurso nos arkivos do meu blog www.maquiavelicopolitica.blogspot.com) não é viável porque não é possivel construir nada de comum; o respeito não impede o delito; não há instituições independentes de justiça; e estabeleçem-se necessariamente, como em todas as sociedades, líderes informais; entre outros..

Concordo que os homens podiam viver todos bem... mas duvido que tantos homens como os há hoje possam todos viver bem na terra... seria vantajosa uma diminuição gradual da kuantidade de pessoas... até porque assim não usamos tanto a terra e não precisamos de tantos recursos dos seus. para isso sao necessárias politicas universais anti-natalidade que mantenhamuma proporcionalidade racial, isto é, que não diminua uniformemente a populção das nações de modo que se percam genótipos de nações menos populadas como a suíça.

já conversámos sobre os males da américa e o kuanto o psd e os partidos conservadores os visam, por interesse... ou idealismo moralista.

Não há ninguém com poder para mudar a situação mundial, poder-se-ia empreender um plano para o alterar com eficiencia relativa a curto praso se esse fosse o desígnio máximo de todos os países... mas não é nem pode ser. o altruismo só pode ser lógico, não religioso. não é vantajoso, socialmente, numa democracia, que as pessoas se comportem em qualquer sirtuação mecanicamente, para cumprir um dever. é bom que o fassam por idealismo ou por vantagem indirecta para si mesmos.

É assim que vejo estas questões.
Cumprimentos a todos.

Viva a muçeeeeeeeeeeeeeeeeee!!

7:05 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

*esclarecimento:

idealismo: ético - agir-se em função dos nossos valores;
não das nossas kuaisker causas, não me refiro a objectivos mundanos, corpóreos, materiais, palpáveis, sensíveis, calculáveis, oriundos do corpo, físicos... etc...

não há ninguem com poder para fazer cumprir a igualdade, pk he disso k falamos, ou para mudar dráticamente a situação mundial
pk é algo que depende de inúmeros factores incontroláveis, não só naturais, mas também civilizacionais e económicos. e se isso for superado é para todos bom que não haja ninguém a deter tal poder!

explanando o altruismo: implica o dar de si para bem de outrém; ora, isto é um sacrifício próprio, pois perde-se em prós de algo, acção movida por algo que, seja o que for, é necessariamente considerado por quem pratica o sacrifício como um bem maior. um bem com mais valor, isto é, melhor para algo que consideramos mais digno do que nós próprios, e que valendo mais que nós, para nós, merece toda a nossa acção no sentido do seu bem. Com óbvio e inevitável mal para o sacrificado (daí a sua conotação negativa).

Eu descordo que a atitude assim movida seja benéfica em qualquer situação, porque sou humanista. isto é, para mim o homem é o bem mais valioso, mas atenção, não é qualquer homem, nem a humanidade em peso, é a condição humana, e portanto a minha condição. Com estes limites, o meu valor social é igual ao de todos os outros e se não for tem da minha parte todas as críticas e oposições, por outro lado se o que está em causa sou eu, entre os outros na mesma condição, é por mim que se move a minha acção, o que não é se não lógico!(para quem não tem crenças ou fé - pleonasmo, atenção, n se trata de um defeito de linguagem, mas de uma clarificação).

assim, penso que a acção em prós dos outros homens é socialmente benéfica enquanto é efectivada pelos seus membros movidos pela sua vantágem óbvia em melhorar as condições de vida dos outros homens. [nem vou dar-me ao trabalho de explicar isto, a menos que haja discórdia, mas parece-me evidente que melhorar as condições dos outros humanos, nos beneficia]

7:27 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Ena pah!! não era, de forma alguma, da minha intenção, redigir um exclarecimento com o mesmo tamanho, mais opolento e mais complexo que o texto precedente.
Pois que vos apresento as minhas desculpas sinceras e uma tacinha de muçe por minha conta...

7:28 da tarde  
Blogger Animal said...

amén

7:54 da tarde  
Blogger heidy said...

O pior que existe no ser humano, é o facto de ser egoista; invejoso; e todas as demais qualidades que se lhe conhecem... tudo quer, sem nada querer. E porquÊ? apenas porque outro o deseja. Isso vê-se no carro que o vizinho tem; na casa que o vizinho possui; na tv; no video... nas notas do filho do outro; etc... por isso, é que quando acontece algo debaixo do nariz, fica tudo a olhar, porque ninguém percebe o porquê. Preferem matar não sei quantos milhares de pessoas, em prol de um pedaço de terreno. Não existe respeito; nem se deseja tal. E isto em todos os regimes, sejam comunistas; extremistas; conservadores... etc. No fundo, só se quer ter poder! e mai nada!

10:21 da tarde  
Blogger Porti said...

Caro Gaspar:

A discussão que estamos aqui a ter tem ocorrido ao longo dos tempos, não é nova! A morte do comunismo já foi decretada há muito tempo, mas como vê ainda estamos bem vivos!

Vamos lá então… primeiro equívoco, os comunistas não imaginam uma sociedade igualitarista… lutam por uma sociedade sem classes, com isto não se defende o igualitarismo, aliás é Marx, depois Lenine, que defendem que não seja tratado de forma igual aquele que trabalha e o que não o faz por não querer. E uma sociedade sem classes é precisamente o culminar do processo de exploração do homem pelo homem, causa primeira das desigualdades.

Todos os entraves que coloca à construção desta sociedade nova já aconteceram antes, qd os esclavagistas ou os senhores feudais concebiam de forma exactamente igual à sua a sociedade em viviam. Pense no que seria para um escravo, sem qualquer ferramenta teórica para a superação da condição em que estavam, pensar no fim do esclavagismo… e como este, também o capitalismo não é o fim da história, nem as desigualdades uma qualquer alavanca para o desenvolvimento, quanto muito só o é neste sistema. E esta é a causa pela qual a humanidade, longe da visão individualista por si exposta, tem de superar o actual sistema.

Em relação às condições objectivas para que “todos os homens possam viver bem” que diz duvidar que existam, está a ignorar todos os dados que nos mostram que não são necessárias acções altruístas, como a adopção de uma criança em África, pq já hoje se produz duas vezes aquilo que todos necessitam!

Por isto reitero o que disse, luto pelo que luto, com confiança que um mundo melhor não só é possível como necessário, longe do dogmatismo de barriga cheia que por estas bandas vai sendo propagandeado!

11:58 da manhã  
Blogger Porti said...

e já agora essa de começar pelo humanismo, acabando no "eu", é fenomenal... do humanismo ao individualismo em duas linhas... belo poder de síntese! coloquesse agora na pele do alvo das ajudas caritativas, pq é que o seu "eu" vale mais que o "eu" deles? como resolve esta contradição? com o altruísmo, pois claro! e assim dorme descançado, pq a desiguladade sempre existiu, você é um humanista (hihihihihihi) e até altruista!

oh animal, é caso para dizer, amén!

12:10 da tarde  
Anonymous dicadasemana said...

Gaspar escreveu - "As desigualdades são importantes e características das sociedades"..."nao ha prisão não há liberdade, e se não há quem tenha mais poder que outros também não há liberdade"..."e se não há liberdade não há geração do cósmos"..."seria vantajosa uma diminuição gradual da kuantidade de pessoas"..."sao necessárias politicas universais anti-natalidade"..."isto é, que não diminua uniformemente a populção das nações de modo que se percam genótipos de nações menos populadas como a suíça.""

Animal, comentando Gaspar, escreveu – “amen”

...se não fosse um assunto tão sério estas pérolas seriam de fazer rir as pedras da calçada como aquela coisa da geração do cosmos e a preocupação deste jovem com a população da Suiça (deve ter lá família)

...isto é o que dá se juntarmos ignorância, verborreia e presunção,

para que é que andam tantos gajos à tanto tempo a queimar as pestanas com coisas como a Filosofia, Economia, Teologia etc.?

para que é que milhares de pessoas em todo o mundo lutam diariamente para transformar o mundo, pelo direito a uma vida digna, pelo direito ao emprego, à educação, à cultura, pelo direito a aspirar a um futuro melhor para si e para os seus descendentes....PELO DIREITO À SUBSISTÊNCIA...

!!!!AVISEM ESSES ILUDIDOS QUE NÃO VALE A PENA LUTAR, E DIGAM-LHES PARA FALAREM COM O GASPAR QUE ELE EXPLICA PORQUÊ!!!!!

o que vale é que o amigo Animal (nunca um nickname foi tão bem escolhido) dá a sua benção as palavras de Gaspar

12:32 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

1:41 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Que cruz em que me encontro, como que posto num plourinho ou numa arena, sendo que visava estar num senado, ou numa plazza, enfim, em qualquer local de debate aberto às hipóteses - agem para comigo como racionalistas para críticos...lol, erguido em praça pública sem reparar, acusado de presunção por argumentação, ao que vos acuso de descarada misologia, e ainda mordazes como com inimigos, pois bem, eis a minha resposta, a vós que sois "Homens Honrados": "Always look on the bright side of life..." (estou mesmo a ver-vos a escrever que os pigmeus do gabão têm uma vida demasiado terrivel para seguirem este lema, mas afinal, nós temos mais razões para isso, ou não fosse-mos nós mais cientes).
E respondo também individualmente. Assim, haidy, k interessante a tua opinião. Maquiavel pensa como tu, que os homens são maos por natureza. E a vossa posição opõem-se à de Kant - kestões sobre as kuais n me manifesto, já que que tenho muito que responder e se debruçam sobre aspectos k eu n comentei inicialmente, e que se articulam com o debate anterior à minha contribuição tão sujeita a agrestes comentários. Pois, apesar de tudo, isto é, do sarcásmo de vossa parte, quanto a mim desmerecido, eu não vou fazer comparações hiperbólicas que assemelhem de alguma forma a nossa discussão a um debate televisivo com agentes pouco admiráveis.
A minha resposta será, provavelmente longa, aos meus olhos, e simultaneamente, muito breve aos vossos, já que "começar pelo humanismo, acabando no "eu", é fenomenal... do humanismo ao individualismo em duas linhas... belo poder de síntese!"

1:55 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

porti: e ñ estão vivos todos os outros fanáticos, por certo! São essas posições a deles (melhor, a vossa) que dão sentido à moderação. E é por isso que anseio pela vida eterna do comunismo e de todos os outros radicais, que fazem dos moderados, tal.

meu caro porti, vc inflingiu a regra primária do revolucionário - usou a razão, assim, se continuar a mostrar-se lógico e argumentativo, vai ser forçado a ceder em certos pontos crussiais por aceitar a abertura da discussão. vc n vai manter a sua doutrina muito tempo!
Tenho já um grande número de amigos, ou ex-religiosos, muitos ex-anarcas, outros ex-comunas, uns poucos outrora de extrema direita... enfim, que por cairem nesse erro são hoje civilizados socialistas moderados, ou pelo menos moderados.

Tens toda a razão!! não estou famialirizado com o vocabulário de Marx (dos nilistas tenho andad mais pelo Nietzsche e pelo Freud), mas é uma lacuna que espero colmatar, processo em que agradeço, o presente, bem como futuros auxílios.

Contudo, isso ñ altera, felizmente, o que vos apontára, e como n me vou repetir nos argumentos que n mereceram a tua argumentação, lembro-t só que continuam, ainda assim, válidos.[to mm a ver k vo ter k os repetir, se n mm explicar].
A abolição das classes sociais não acaba com a opressão, dos poderosos, porque esses, há-os sempre! Digo que o meu equívoco é irrelevante para a minha tese, porque os ideais que impulsionam a aboliçãod e classes são os da igualdade, isto é, do fim do poder repressivo de uns para com outros. Contudo, a abolição de classes sociais é a abolição do estado, isto é, uma anarquia. O estado, segundo Locke e Hobbes,empiristas, é um acordo entre os homens, quando passam do estado natural, organizando-se em sociedade, para impedir a luta de todos contra todos.

A minha concepção social não é de todo compatível com uma sociedade feudalista, pois é o resultado da oposição a isso: São os ideais da Revolução Francesa!! Num sistema moderno de debate, tolerância, crítica, humanismo, democracia, república, laicidade, ética e razão!! Totalmente opostos, aos de monarquia, nação, religiao, moralidade, dever para com a hierarquia de ordem divina, do homem para a mulher e viceversa (em sociedades patriarcais ou matriarcais), entre raças, entre classes, ordens, interesses, proximidades, direitos apontados pelo dedo divino. o que defendo é a possibilidade de kaulker indivíduo poder tornar-se mediante as suas aptidões e objectivos, com liberdade, "ter um livro para ler/ e não o fazer.", naquilo que desejar, respeitando apenas o princípio elementar da ética: a liberdade individual acaba onde começa a dos outros.

nem vale a pena começar a falar nas maravilhosas coisas que acontecem nos paraisos comunas, como a china - óh que abolição de classes sociais, que salta aos olhos o bem-estar e o humnaismo das pessoas nesse pais democratizado pelo partido da libertação. sao todos letrados depois da 1ª edição do livro vermelho e já nem sentem a fome provocada pela revolução cultural... e curiosamente a hipocrisia do regime de dois sistemas, n sai nos jornais, nem em kualker outro meio de komunicação legal, pk será? E vens falar-m de comunismo seriamente no sex XXI?? ou berras "blasfémia!!" e recusas-t a discutir, ou convertes-t, inevitavelmente.

bem.. desculpa... descontrolei-me.. eu disse que ñ ia reponder-t neste tom...

Quero deixar bem claro que defendo que o estado deve estar em equilíbrio com o indivíduo, mas, como é este o elemento essencial e a razão da existencia da sociedade, deve haver preferencialmente uma preocupação com este, já que o extremo oposto ao indivíduo é o totalitarismo!!E que até eu que só li O 18 Brumário de Luis Bonaparte, sei que é o motivo da acção dos partidos de eskerda, pk he a sua definiçao. os partidos de eskerda sao as correntes politicas resultantes das posições jacobinas depois da RF. Entre as kuais, os anarcas e outros menos radicais. Marx surgiu em oposição aos anarcas e ao capitalismo. É muito interessante, mas mm assim, tenho mais simpatia pela simplicidade do a anrquismo, que n defendo por ser merament teórico.

[estou a tratar-t por "tu", pk estou com sono pa demorar muito tempo... espero k n leves a mal]

Que manipulação!! É óbvio!!! Julga que os homens podem vievr todos bem num paraiso? Evidentemente, só com estopadas de muçe, k n iam chegar pa todos, sendo tantos; nao me ridicularizem por vos apresentar o problema da super população mundial como uma barreira ao humanismo, como se o que digo estivesse em contradição com a importancia da nossa contribuição individual e como se o meu discurso n tivesse sido à cerca dos motivos que julgava benéficos e os que julgava prejudiciais como já foi dito para o caso dos que praticam o altruism por descargo de consciencia ou para se sentirem melhores... eu defendo a acção pela razão, no sentido de agir de acordo com o que é melhor para os nossos fins, e entao descrevi os que mais valorizava.

looooooool. Testa o meu dogmatismo o quanto quiseres, mostro-me aberto a avceitar tudo o que repudio mais profundamente se me convenceres racionalmente, de que faze-lo tem vantagens para os meus fins que me persuades a aalterar, estou pois disponível a questionar tudo, e a questionar isso tb.

n disse que eu valia mais do qeu quem quer que fosse, mas ao que vejo como verdadeiro e lógico, é pensando em si que julgo que se deve agir eticamente, nunca por dever inquestionável.

2:54 da tarde  
Blogger Porti said...

http://resistir.info/mreview/porque_o_socialismo.html

penso que lhe será útil...

2:56 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

dica:
A geração do cósmos he uma teoria platónica de que tudo o que é visível está em movimento geracional mutuo, e que se faltarem componentes opostas a este equilíbrio, tudo estagna. isto é fundamentado pela ciência, deves conhecer as palávras de Newton "Nada se ganha, nada se perde, tudo se transforma".
N, n tenho familiares imigrados em lado nenhum, e pelos vistos n fui claro kuanto ao alvo do meu exemplo, que n era a suiça em si, mas a suiça enquanto país que tem pouca população entre outras caracteristicas peculiares, muito interessantes...alem de terem 3 cantões com 3 linguas, de n estarem na UE nem terem aderido €, eles referendam 85% das kestões, basicamente tudo o k n tenha polemica a bsoluta, e o governo com estas multiplicidades todas funciona muito bem...

Há insultais-m!! "igrorante"? por certo, mas sei o que é a gerção do cósmos!há quem diga em filosofia caseira que o conhecimento absoluto é o que Sócrates antes dissera "Só sei que nada sei", e eu concordo que conhecer aquilo que desconhecemos, isto é, a consciência da ignorãncia nos torna mais cientes.[só acusam os outros de ignorancia, como em situações similares à muito infeliz presente, os que consideram que isso de alguma forma minimize os seus argumentos, por si só, sem o explicar]."presunção"??? só enkuanto sinónimo de ousadia, pois que a humildade é uma forma de repressao k hoje paradigmaticamente desprezo.mas isso sou eu e, como todos, eu n interesso para ninguem se nao para mim, altruistas.

Acaso, dica, me visteis defender o epicurismo? terei dito, sem kerer, "prefiro rosas meu amor á pátria"?
NÃO, que n tenho idade para perder o norte, fiz ontem 18 anos![terei a honra de votar pela primeira vez para aprovar Soares como presidente].

Eu n aconselhei o descrétido nos ideais, pelo que o que me acusais é absurdo!

Mas sim, o Gaspar, explica-vos tudo o que conseguir, apesar de n compreender a vossa funestidade ofensiva! - hoje vivem-se tempos de maior abertura e de debate e por isso de evolução repentina. isso provoca desorientação, e o que eu aconselho como vantajoso é a utilização desse o sistema orientador individualmente, como método paradigmático.

3:24 da tarde  
Blogger Porti said...

vamos lá então, sem os formalismos do "você".

a socialismo, na forma marxista-leninista, é uma ciência, logo não é dogmática. para além disto é dialética, originalidade que poucas correntes, tb com fundamentos cientificos se podem orgulhar...

depois qd falo da abolição das classes, digo que é o princípio do fim da exploração do homem pelo homem, realidade a ser consumada com a abolição do Estado. Aí chegados estamos no comunismo, ou seja, numa sociedade capitalista lutamos pelo fim seu fim, pelo socialismo. depois o Estado, estrutura opressora, deverá servir para o fim do socialismo. aí chegados temos o comunismo. tenho a noção que é um longo caminho, que conhece avanços e recuos, mas qual é o processo revolucionário que não os conhece? temos o exemplo da revolução liberal de 1300 e qq coisa que só se confirmou 500 anos depois... isto não faz da primeira tentiva uma coisa vã!

ainda em relação aos sistemas (feudal e esclavagista) foram apresentados para ilustrar que, como aqueles, tb o capitalismo nõa é o fim da história mas, ainda como os que o antecederam, será história!

em relação à liberdade individual, penso que ela começa onde a dos outros começa e acaba onde estas tb acabam! (se quiser poderei desenvolver esta ideia)

sobre a experiência socialista de outros povos não me pronunciu. primeiro por sentir que siobre elas não tenhio conhecimento aprofundado e, segundo, por serem a de outros povos e de, para o meu povo, defender um processo necessariamente diferente. (estamos no campo da ciência social, a chapa 5 não dá muitos resultados...)

depois, finalizando, gostava que desse uma olhadela no texto que acima lhe proponho...

3:27 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Eu nunca tenho cuidado com as susceptibilidades das pessoas, mas tenho-o todo com elas!

Vi-me obrigado a defender-me de uma forma muito indecorosa e desagradável de opróbrio da qual culpo a vossa atitude!

E é por isso que nao incluo a muçe nesta minha declaração final, ou corro o risco de ser tomado como um ignorante presunçoso (k, diga-se é um vitupério um tanto inconssistente, já que tudo o que dou a conhecer é o k escrevo, como posso ser simultãneamente ignorante e presunçoso? só se sou ignorante e julgo-me sábio, mas como eu afirmo que isso n he vdd, pk de modo algum me julgo sábio, likida-se a hipótese de ser sábio e nao me aperceber, e ser presunçoso, sem reparar. restam poucas possibilidades como eu as vejo, mas se as nao vejo devo memso ser mais ignorante do que pensava, de maneira a que tenhas razao, e portanto peço-t, a vós que me veis como ignorante, coisa que só os mais sábios podem fazer, que me liberteis da minha alucinação que tanto quero superar, compartilahndo amávelmente comigo o teu saber, se possível, tendo toda a educação e nenhum cuidado, isto é, piedade alguma para com a inconssistencia do que digoe penso). Se assim for, e se nesse belo sentido agirem devo agradecer-vos muitíssimo!

3:36 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

muito obrigado porti, pelo exclarecimento..

3:43 da tarde  
Blogger Porti said...

já viste o texto? e deixa-te de folclores linguísticos, muito eruditos mas um tanto vazios de conteúdo, de substância… depois, agarra a embalagem e parte para o “ensaio sobre a cegueira”!

se quiseres contra argumenta, mas sem caíres no subterfúgio lingústico, boa!?

3:45 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

mas ainda, gostaria, realmente, que me falasse mais à cerca do que pensa sobre as liberdades:
"em relação à liberdade individual, penso que ela começa onde a dos outros começa e acaba onde estas tb acabam! (se quiser poderei desenvolver esta ideia)"

à partida parece querer dizer que a liberdd he igual para todos, o que só he vdd perante a lei, em termos práticos n he, pk para n haver diferenças teríam que todos os membros de uma sociedade ser iguais e portanto presos à igualdade ontológica limitante, isto é, nao haveria liberdade.

3:46 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

combinado, vou tentar ser absolutamente claro, directo e actual.

3:47 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

explicou-me o processo que bem conheço:
revolução(??)--->Socialismo--->Comunismo

Em que é diferente o seu projecto para o comunismo no seu povo dos restantes?[dificilmente será o mesmo comunismo, portanto dificilmente o será de todo].Se for o mesmo os exemplos estrangeiros são necessariamente válidas comparações!

3:54 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

nao vejo nd de bacoco ou literário no estilo do que escrevo! É confusão sua com a utilização de vocabulário clássico, que muito prezo!

Mas claro, o debate deve esclarecer, o que é díficil se n nos compreendermos.

3:57 da tarde  
Anonymous Albert Lecats said...

Txiiiiiiiiiiiii...
Gaspar... eskeçççç jusguei k isto era um debate, pah!

isto é só comunas...lolol

Definição de Comuna: akele k comenta um post sobre paz e amor, ideais... luta contra a fome, pobreza... com Socialismo, Marx e Comunismo!! pk é k será que lhes chmam cassetes...??

4:28 da tarde  
Anonymous albert Lecats said...

Gandas testamentos... kem é o surtudo destinatário??.heheheh.Te mais logo..

4:30 da tarde  
Anonymous quinito said...

tenho estado atento aos argumentos e parece-me interessante o desenrolar da discussão.

gostaria apenas de questionar o gaspar sobre o seguinte, e agradecia que fosse pragmático na resposta sem cair na tentação dos floreados e rodeios dos post's anteriores:

1 - qual o modelo de sociedade em que tu acreditas

2 - de que maneira é que achas que o partido socialista (com as suas responsabilidades governativas desde o 25/4/74)tem contribuido para o mesmo

3 - qual a resposta possivel do actual modelo neo liberal ao aprofundamento das desigualdes sociais

4 - como lidar com o crescente poder antidemocrático das transnacionais

5 - em que medida se justifica hoje dizer que a social-democracia é capaz de responder/resolver aos problemas do capitalismo e é uma alternativa ao socialismo

5:09 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Espero responder, quinito, ao que em mim te suscita dúvidas. Na forma que te aprouver.

1. Eu não acredito em nada. Eu aceito como relativamente verdadeiro aquilo que é racionalmente mais provável, de uma forma paradigmática e hipotético-questionadora. E é por esse processo que julgo que a Democracia, a República, numa sociedade laica, num sistema nao presidencialista, (há muitas pequenas alterações ao sistema sobre as quais poderia divagar... vo portanto cingir-me ao essencial). A laicidade significa independência do estado e liberdade de culto, sendo que considero as religiões e as cranças como algo negativo [posso explicar melhor este assunto]. Tudo aquilo que defendo visa a valorização dos ideais que defendo: os da Revolução francesa, no contexto hodierno. [Economicamente, sou por um sistema misto]

2. o PS é o partido que mais se aproxima das ideologias politicas que defendo dentro da sociedade portuguesa. É um partido de eskerda, porque priveligio o indivíduo sobre o estado, e pk he moderado, elemento essencial à discussão e assim à evolução. N consigo fazer nenhum comentário político profundo sobre este governo, mas admiro Sócrates e os fins a queo governo se propõem.

3. As desigualdades sociais como já explikei, sempre existiram e são o que permitem a liberdade por oposição. (os valores existem a partir da génese dos seus contrários - a verdade não existe sem a falsidd). Concordo que é importante movermo-nos em direcção à concretização prática de ideais, como esses, mas n em direcção à perfeição e à sua completude absoluta, pk dessa forma torna-mo-nos inevitavelmente angustiados já que a perfeiçao é inatingivel por definiçao, e sendoa tingivel, como a neve que passa a ser quente, não pode passar a ser possível e continuar a ser perfeição, até pk n haveria espaço para o desenvolvimento nem para a ambição.
n me parece que seja o sistema económico o causador das desigualdades, pk em todas as socidedades estas existem. e já exlikei a sua importancia.
A acção idealista, na kual se enkuadra a humanitária, deve ser efectuada racionalmente, de forma a que daí resultem beneses mútuas.
o sistema económico misto, em que vivemos, parece-se suficientemente bom para ser o menos mao, e suficientemente aberto para permitir que todos os indivíduos tenham hipóteses de sucesso, e que cada um possa triunfar. Evidentemente nem todos podem, simultâneamente triunfar. É a isso que chamo igualdade, é igualdade perante a lei, e igualdade estrutural, pk a igualdd em si n existe em sociedades materiais, mundanas, corpóreas, palpáveis, sensíveis, físicas, etc.., a igualdade é igualdade relativa de oportunidades. o que julgo k he genericamente assegurado pela nossa sociedd e pelo nosso sistema economico. As políticas governamentais e os empreendimentos privados pela acentuação dessa igualdade estão condenados a ter pekenas vitórias e nunca um triunfo.já exclareci os limites em que o humanitarismo é saudável, a meu ver. E dentro desses, é vantajoso que se mobilizem todos os países, instituições, mentalidades e indivíduos pela seu prática´.
é interesante pensar num mundo em que o homem faz muito pouco e a máquina assegura-lhe todas as rotinas essenciais.mas a política pensa-se a curto, médio prazo, pk a longo prazo, todos estamos mortos. [e as soluções para os problemas e estes em si, se alteram].

4.A sociedd só se transforma significativamente a longo prazo, ou entao por rupturas, isto é, revoluçoes. estas, sao sempre estravagantes e más, e portanto sao o último recurso. a transição das sociedades deve priveligiar a igualdade que já descrevi, e essa, implica a diminuição dos paupérrimos e dos rikíssimos, isto é, dos extrmos, priviligiando o meio termo - que em quase tudo me parece o acertado.[indica-me uma demasia que seja benéfica? se é demasia é necessariamente prejudicial; os extremos são demasias]. as grandes empresas são casos de demasia, a nivel economico, é preferível que n existam a tão grande nível em grande kauntidd.[por cada uma delas há milhoes de pessoas na situação contrária].as nações nao podem abruptamente eskartejar os ricos e dar aos pobres, tem que ser um resultado de um processo de transformação social pelo kaul a eskerda se manifesta, a direita defende a conservação das tradições, dos costumes e dos preceitos morais e civilizacionais, com tranform,ações no sentido da sua acentuação, no nosso caso, a direita portuguesa tem como ideal a sociedd americana.

5.A social-democracia é uma alternativa ao socialismo como qualquer hipótese diferente de outra é-lhe uma alternativa - loool. Se me perguntas pk a devemos preferir, e julgo k te referes ao socialismo enkaunto doutrina comunista, pk muitas vezes partidos ditos socialistas, defendem uma eskerda moderna, e um socialismo pragmático, muito diferente da doutrina de há 200 anos!A eskerda moderna, ou moderada, limita o comunismo, impedindo a repetição de economias descontroladas k n vao de encontro aos fins do estado e que culminem em desátres como o da sexta feira negra de 5 de outubro de 1925.já, noutros comentários neste post explikei a desvantagem e mesmo a impossibilidd do comunismo.o socialismo é a doutrina que defendo dentro da sociedade que prefiro, sendo k o ideal, a meu ver, seriam dois grandes partidos de eskerda com uma ligeira divergência valorativa que com os outros partidos, se alternassem na administração do estado, [há milhares de outros factores...].

Cumprimentos, to a morrer de sono,

espero n ter usado nenhum termo ou expressão que consideres supérfula, ou desnecessária ao meu exclarecimento,(exepto enumerações), ou simplesmente desenquadrada.

12:22 da manhã  
Anonymous dicadasemana said...

desculpa lá Gaspar mas acho que deves ser um puto mesmo chato.... no entanto e para terminar:

...gosto da tua combatividade mas acho que perdes muito com a presunção (que se traduz no estilo da escrita e no chorrilho de citações, frases feitas etc.)

...não te esqueças que difícil é traduzir conceitos complexos de uma forma entendivel para quem te lê

...acho que não desejas nenhuma mudança, estás confortável neste sistema e como tal tentas justificá-lo

...como se vê na tua ultima resposta foges das questões pragmáticas e directas e refugias-te em considerações de âmbito geral

...não explicas o que entendes por esquema moderna, o que é compreensível pois para o fazeres terias de lhe chamar social-democracia


... admiras socrates e o seu governo pelos fins a que se propõem, sem dizeres quais em especifico, sem fazeres uma análise critica quanto aos meios para os atingir...


...and so on, and so on.....

apesar de tudo e já que tu próprio gostas de te designar como político, se souberes lamber os cus certos terás um futuro porreiro dentro do partido socialista


até sempre e boa vida

5:16 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:50 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

10:52 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

looooooooool, que mázinha!

Se axas k he assim tao dificl fazer o k toda a gente faz, pk he k assim é?

"não é fácil*, admito,
Mas mais difícil é ser-se banal,
E saber-se a cada dia que n incomodamos um pardal."
Gaspar VS [Cor Ranho-Púrpura]
(*a Poesia)

Sem citações, léxico rebuscado, ou frases complexas:

Políticos somos todos, é o que significa democracia.
No meu futuro vejo mais a dedicação à filosofia que kualker outra coisa!!

tens razão n desejo mudança por mudança, chame-lo revolução ou transição. Desejo evolução!! Aproximação daquilo que existe à quilo que julgo melhor! Isso envolve mudança, até pk nada está parado! Não mudar significa não kerer mudar, e portanto kerer manter perante a mudança, o que existe, o que é hoje, e isso n é o k eu desejo!!

Provavelmente estás enrraivecida pk gostas do Alegrete (és do eskerdalho) e julgas-me alguém sem valor por se opor aquilo k preferes. (E que eu julgo retrógrado)!!Isto é, é coisa que n defendo por n aproximar o k existe do que prefiro, e prefiro coisas diferentes das que preferes, se eu n estou errado.

Eu n me refugio em generalidades!! Eu conheço as minhas limitações!! E só falo do que sei!! Claro que isso é coisa que bem se resolve com o comunismo que responde a tudo com a cassete da rotina, ou radical, no mesmo sentido.

O que entendo por eskerda moderna é claríssimo!! Só n estou a reescrever aki uma doutrina política!!Até pk a noção n he nova, nem minha!! Se n entendes como o exponho, arranja-t um explicador!

Queres saber pk gosto deste governo?? Pk concordo com o que se propõem fazer, e pk considero as pessoas competentes para o fazer BEM! - é questão de ires ler o programa de governo!! nao é fácil sintetizar 327 páginas de projectos!

E claro, n te desejo menos lambidelas a cús do k as k me aconselhas!!

Sem hipocrisia, um belo pontapé no traseiro (ké pa falar em linguagem k percebas) e um piscar de olho à aconselhar ética!

10:55 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

É a minha mais espontânea e cordial resposta depois de ler o segundo post desnecessariamente desagradável e mesquinho!!

10:56 da tarde  
Blogger Gaspar VS said...

Esta discussão n vai por mim acabar assim, e é por isso que acrescento:

O altruísmo é, segundo akilo que significa, um processo em k o dador dá, sme se importar consigo; o processo oposto é o egoísmo, em que o sujeito n se importa com os outros (apesar de a felicidade individual implicar a companhia e a relação com os outros), o sujeito centra a sua vivência na aquisição de material e porazer pa si próprio.
O prosesso que defendo é o intermédio, como a maioria dos moderados, é a melhor solução! Opto por pensar, e aconselho-o à sociedade. Assim, surge uma kestão - Quando e em k medida devemos ajudar os que precisam?
Podemos faze-lo sempre k isso nos beneficiar, moral, espiritual, material, civilizacional, ou socialmente!E na medida do para nós vantajoso! É o núcleo essencial do meu comentário à questão do post que estamos a comentar.

3:54 da tarde  
Blogger miro said...

Hi!

I like your blog.
Come and visit my site link popularity!

1:37 da tarde  
Blogger FDF said...

Every effort has been made to ensure that the Propecia information provided by Ceer ltum, Inc. ('Mtu') is accurate, up-to-date, and complete

6:29 da manhã  
Blogger FDF said...

Swallow Depressants whole these tablets are specially formulated to release the medication slowly in th body

5:12 da tarde  
Anonymous online pharmacy said...

Hi, I found a great site that sells very high quality generic meds at good prices and I got my order in 5 days. check out www.1medstore.net

Janet

8:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Hi, this site is really great. I got my meds from an offshore pharmacy in 4 days. Brand and generic name meds. I used the promo code 'First' during my purchase since it was my first purchase and I got $15.00 discount.....check out www.1medstore.net

Sarah

9:51 da manhã  
Anonymous online pharmacy said...

Hi, this site is really great. I got my meds from a reliable offshore pharmacy in 4 days. Brand and generic name meds. I used the promo code 'First' during my purchase since it was my first purchase and I got $15.00 discount.....check out www.1medstore.net

Sarah

8:24 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Keep up the good work »

7:54 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it video editing schools

8:44 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home