quinta-feira, dezembro 15, 2005

LOUÇÃ vs JERÓNIMO

WALDORF

19 comments:

Blogger Animal said...

pá, num deu pra ver... estiveram a fumar umas brocas, foi?

11:32 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Vale a pena ler o artigo do Pacheco, sobre o Louçã, saído no Público de 15/12. Para quem não conheça o que se esconde por detrás daquele paleio. Já o conheço do tempo da faculdade e de antes do 25 de Abril, e o que artista quer alcançar não é outra coisa senão o que Pacheco escreve, e que não é nada bom para um povo. Bom artigo e com utilidade!

1:13 da manhã  
Blogger Visigordo said...

Sim, isso tudo, mas a qualidade dos ácidos, boa ou má?

2:27 da manhã  
Blogger Visigordo said...

E mais, a quem é que bateu mais? É sempre importante ter informação sobre o fornecedor.
P.S. - Eu por exemplo, queria um fornecedor de piloto, nunca um de hospedeira.

2:30 da manhã  
Blogger piscoiso said...

Só agora consegui ver o Pacheco na gravura.

10:13 da manhã  
Blogger Elfo said...

Então mas aquilo não era em reprise?

12:14 da tarde  
Anonymous Alenquer said...

A última tirada do louçã a chorar os comunistas mortos (João Amaral e Lino de Carvalho)foi muito comovente.

Como li não sei onde, um verdadeiro Padre Malícias.

1:50 da tarde  
Anonymous carneiro said...

PAREM AS FLORES ! Por favor. Eu confesso...

2:01 da tarde  
Blogger Freddy said...

É mais fixe ver a relva a crescer...

Saudades da Zona Franca que hoje faz 2 anos...Parabéns a nós!!!

2:22 da tarde  
Blogger Cagaréus&Ceboleiros said...

nem durmo com o barulho da flores..

4:53 da tarde  
Blogger Hawkman said...

Os conspiradores pedem para fazer parar as malditas flores!!!
Se calhar vocês foram dos que nos andaram a fazer lavagens cerebrais durante a Guerra Fria...

Saudações à Mafia de serviço...

5:51 da tarde  
Blogger Galo Rouco said...

Com o Devido Respeito a V. Excias, e numa atitude reverente e temerosa digo:
Ver Soares e Alegre, foi como reviver os Velhotes dos Marretas (não V. Excias claro) de Jim Henson: Os dois a perder tempo com banalidades e a falar dos outros;
Ver Louçã e Jerónimo foi como ver os insuperáveis Dupont e Dupond do “Tin Tin”, pois conseguia um repetir o que o outro dizia, sem dizerem nada de novo!
Pura BD!

5:59 da tarde  
Blogger Dinada said...

Parece-me que estou com um alto nível de stress...sim, sim, sou eu que o afirmo!

6:30 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

Depois desta não consigo comentar nada...tou demasiado alucinada com tanta flor à minha volta!

8:08 da tarde  
Anonymous Rudolph is coming to town :) said...

Acho que bebi demais...Já vejo floresa rodar em tudo quanto é sítio! Estes jantares de Natal dão cabo de uma pobre rena como eu...

12:41 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Pelo menos louçã sabe o que diz e o que defende..

jerónimo nem a cassete do partido sabe repetir...

1:10 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » »

6:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Where did you find it? Interesting read film editing schools

12:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... » » »

8:55 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home