quinta-feira, dezembro 01, 2005

UTILIDADES SOARISTAS
Mário Soares:"Os protestos dos sindicatos são úteis, porque a democracia é feita de conflitualidade".
Basta ver a “utilidade” dos conflitos desta noite à porta dos serviços de limpeza da Câmara do Porto. Ao ouvir a notícia na televisão, o meu filho aprendeu imediatamente dois ou três impropérios lançados pelos grevistas aos funcionários que tentavam assegurar os serviços mínimos.
WALDORF

25 comments:

Blogger piscoiso said...

Uma mesma caralhada, dita por um intelectual é vernáculo, por um sindicalista é impropério.

5:54 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

Há que aprender de pequenino o português correcto...

6:06 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Há alguns anos, quando eu ainda ia no Verão para o Algarve, na praia de Alvor(onde o Bochechas se passeava com dois guarda-costas atrás): uma mulhercom os pés na água na zona de rebentação grita para o marido, esparramado na areia uns 50 metros mais acima:
Ó MEU CARALHO ATÃO TU NÃO VENS À ÁGUA?....
....Silêncio geral na praia!

Quintas

6:54 da tarde  
Blogger Animal said...

é como outra qe se ouve muito em Agosto: "Jean-Philippe viens ici filho da puta!"

6:57 da tarde  
Blogger WALDORF said...

Conversa entre o meu pai e o meu filho de 4 anos.
- Ó avô, anda cá ver isto.
- Outra vez? És um chato.
- Tu é que és um chato do caralho!

7:10 da tarde  
Blogger Animal said...

errado: os chatos costumam viver um bocadinho mais abaixo...

7:19 da tarde  
Blogger Animal said...

o puto tem de ver mais televisão pá

7:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Quando eu tinha a idade do filho do Waldorf, em vez de TV, que não havia, ouvia a banda filarmónica da minha terra tocar durante todo o dia pela aldeia, o hino:


Portugueses, é chegado o dia da redenção
em que 40 portugueses honrados
tornaram livre a Nação.....

(não me responsabilizo pela fidelidade do texto, ao fim de tanto tempo...)
Quem sabe que hino é este?

Quintas

7:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

deixa lá, piscoiso: filhos de puta são todos...

8:14 da tarde  
Blogger Animal said...

uquiéhe uma banda filarmónica? é omo as bandas gástricas?

8:14 da tarde  
Blogger Animal said...

ó waldorf, que canal é que estava a dar isso? eu só vi os gajos a mandar umas caralhadas. impropérios, francamente, não dei por eles...

8:15 da tarde  
Anonymous Hawkman said...

Ah, nada como a boa e velha TV pra ensinar as gerações futuras...

8:16 da tarde  
Blogger agent said...

Isso é muito light comparado com o cartaz-hardcore de apresentação do candidato do P.N.R. à Presidência! Vejam la no meu poiso.

8:40 da tarde  
Blogger Grand Vizir said...

Nós, lá na arábia, quando nos cortam 25% do ordenado e nos querem furar a greve, mandamos rosas e perfumes ao presidente da Câmara. Mas tratando-se de um País desenvolvido e cristianíssimo, acho que o Waldorf ( van? )tem razão. Deviam enviar rosas e uns versos para pendurar ao pescoço, tudo devidamente amarrado com um barbante, alto e curto!
Ide apanhar...o lixo!

9:28 da tarde  
Blogger WALDORF said...

Ó grand vizir, tens razão.
Esqueci-me que neste país fazer greve é um direito, mas não fazer greve é um crime do pior.

9:44 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

Nem mais waldorf! agora é que disseste tudo.

10:39 da tarde  
Anonymous Bock said...

O problema é que neste país, existem sempre os fura-greves, mais conhecidos como FDP, que ficam bem vistos por não fazerem greve e acabam por beneficiar dos direitos conseguidos pelos que a fizeram. Não vejo isto a passar-se nos países "sub-desenvolvidos" como EUA, França, Alemanha, Espanha, etc., onde uma greve é um GREVE.

10:59 da manhã  
Blogger WALDORF said...

É a democracia, pá!

11:31 da manhã  
Blogger heidy said...

Quintas.. olha que isso é tabu pah! Eu sou do tempo em que as velhas profs,a medo ainda tentavam que nós rezassemos de manhã. taditas... não se aperceberam que tinha sido proibido uns 6 anos antes.

4:34 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

Bock só porque alguém decide fazer greve, não temos todos que a fazer, temos o direito de discordar com os motivos dessa greve e assim sendo de não a fazer, agora quem a faz não pode obrigar ninguém a concordar com os seus ideais, e não tem por isso o direito de agredir seja quem for por esse motivo, a isto chama-se liberdade de expressão, democracia!

4:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

se não concordam com o motivo da greve ( retirar um subsídio de cerca de 100 euricos), se os grevistas conseguirem o tal subsídio, os fura-greves que abdiquem do seu subsidio! Querem 100 euros, estes malandroes que so conseguem este facil emprego por cunhas!!...

8:12 da tarde  
Blogger Cruzeiro said...

Podem concordar com o motivo e não concordar com o método...todos sabemos que a grande maioria das greves não leva a lado nenhum.

12:32 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! » »

5:18 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

What a great site phendimetrazine+or+phentermine

6:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Cool blog, interesting information... Keep it UP »

5:51 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home