segunda-feira, março 13, 2006

APOIADO
No final de um curso, que concluíram com aproveitamento, os candidatos a docentes serão submetidos a um novo exame: Para avaliar o quê? questiona a Fenprof
Ó senhores sindicalistas da Fenprof: Mais do que avaliar, o exame serve para repor a verdade nas listas de colocação de professores. Desta forma corrigem-se ligeiramente as distorções que algumas escolas introduzem no sistema quando sobreavaliam os seus alunos com o objectivo de os colocarem nos lugares cimeiros das listas.
WALDORF

28 comments:

Blogger Claudia_peixinha said...

lolada só hoje vi a foto da MISS PIPIGGY:)

Boa semana:)

9:11 da tarde  
Blogger Sombra said...

O nosso país é a loucura....

9:54 da tarde  
Blogger CaxuxoPamos said...

Deviam era meter infiltrados nas salas de aula para correr com os professores da trampa para o meio da rua.

10:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

bem dito waldorf!
...e o reflexo que isso pode ter no número de sindicalizados?
querem é mama...

11:01 da tarde  
Blogger Mikael said...

É natural com o medo que se tem de ser-se avaliado...

12:01 da manhã  
Blogger Sílvia said...

Acho muito bem! Mas esses exames deviam ser feitos a todos os professores e não apenas aos que agora vão iniciar a carreira. Há muita gente que terminou o curso com médias altas e que vai para a sala de aula ensinar coisas erradas. Deve haver para aí muita gente com medo... hehe!

1:52 da manhã  
Blogger Hidrogenio said...

tambem acho mt boa a ideia,vamos esperar para ver como é posta em prática...

9:38 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

É isso mesmo. Haja um pouco de vergonha nos sindicalistas da Fenprof... ou tb foram colocados lá por... favores?

10:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

E quem faz exames aos ministros e secretários de estado para aferir da sua competência nos cargos....só as eleições não chegam,pois isso é a velha cantilena de que depois serão julgados... mas a merda já está feita...ide-vos fod....erar....
ass-promecanito

12:12 da tarde  
Blogger anarresti said...

Não basta um exame. Acho que seria necessária uma bateria de exames e provas de aptidão. Com tantos anos de estudos sobre pedagogia, tantos especialistas na matéria de certeza que seria possível estabelecer-se uma série de provas que poderiam ser a adaptadas conforme a área de cada curso, para avaliar as capacidades dos candidatos a professor. Há até o exemplo de vários países que fazem a selecção dos seus professores por etapas elininatórias: vão sendo feitos vários exames, entrevistas, provas de aptidão em que os menos aptos vão sendo eliminados. O que é certo é que não basta ter uma boa nota para se ser bom professor. Mas também me parece que um único exame é insuficiente.

1:57 da tarde  
Blogger aurora said...

http://www.gradiva.pt/livro.asp?L=100254

O Eduquês em discurso directo

Nuno Crato

Talvez ajude a perceber muita coisa.

2:44 da tarde  
Blogger Sizandro said...

O problema de avaliar os professores é só um: como os principais cargos de topo do ministério da educação estão entregues a pessoas que não sabem o que é ser bom professor, nem o que é uma escola de qualidade... quem iria definir critérios de qualidade e dizer o que deve um professor saber? QUEM?
Pelos comentários que li neste Blog vejo já aqui meia dúzia que não devia ser. Aliás... aquilo que alguns perfilham nos seus comentários gostaria de ver aplicado às suas próprias profissões para começar.

7:13 da tarde  
Blogger canto ainda mais escuro said...

toca a desbundar no Vicente
http://aindamaisescuro.blogspot.com

11:27 da tarde  
Anonymous Rudolph-the-red-nose-reindeer said...

Continua a velha mentalidade em que um gajo sai do ensino superior com um "dr." atrás do nome e não mais precisará de prestar provas. Porque raio não havemos todos de prestar provas sobre os nossos conhecimentos?! Com a livre circulação de pessoal na UE, ou começamos a pedalar no sentido da competência e competitividade ou então ficamos pelo caminho...

9:53 da manhã  
Blogger Marco said...

Sou professor e não tenho medo nenhum de ser avaliado! E agora?
Fico triste de ver a ignorância que vai por esta caixa de comentários e por este paí no que diz respeito aos professores. Não esqueçam que os sindicatos não são os professores.
Claro que há professores menos bons, alguns nem deviam estar a dar aulas, mas não é assim em todas as profissões? Não é preciso colocar todos no mesmo saco!
Confessem que eram daqueles que sempre culpavam os professores pelo vosso insucesso...

10:00 da manhã  
Blogger Eric Blair said...

Quando se trata de avaliar os outros toda a gente opina!
Já agora, porque não avaliar antes as instituições?

12:08 da tarde  
Anonymous Tobias said...

já fui professora, dei aulas e observei tudo o que se passa numa escola. Sempre fiquei nervosa perante avaliações, como qualquer outra pessoa. Mas depois da minha experiência, anos antes desta proposta feita agora pelo governo, sempre defendi que o ensino devia funcionar como as empresas: só lá poderia leccionar quem passasse num exame, não só de conhecimento mas também de pedagogia... e com distinção! E teriam de ser feitos exames com bastante regularidade!Iriam faltar professores em Portugal, mas era um começo essencial para melhorar o ensino!

2:51 da tarde  
Blogger Bífido said...

Era só pa dezer que a pipiggy é uma porca!

4:01 da tarde  
Blogger Müs said...

Há instituições de ensino que sobrevalorizam os alunos? Porque é que ninguém me disse quais eram quando concorri? É que na minha os sobrevalorizados são os professores... ou se calhar isto já deu uma volta completa e estamos a falar do mesmo...

5:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Os Marretas estão desaparecidos em combate!
Quintas

5:49 da tarde  
Blogger anarresti said...

Sizandro, o problema da dúvida que levantas terá sido posto em muitos lugares, há muitos anos atrás com toda a certeza. E várias hipóteses terão sido avançadas. Alguns erros terão sido cometidos, é certo. Mas várias formas de avaliação existem, em variadíssimos países. Com os erros se aprendeu e conseguiu-se apurar a melhor forma de se avaliar competência e aptidão. Há décadas! Acreditas sinceramente que não há ninguém competente para definir critérios, métodos, técnicas, processos e legislação para que a avaliaçãos seja feita? Quanto a avaliar-se aptidões noutras profissões também me parece correcto. Mas este tipo de avaliação específica tem mesmo a ver com esta profissão. Esse teu comentário parece-me motivado por um instinto de defesa. Como se defender-se a avaliação dos professores estivesse, só por si, a pôr em causa a seriedade de toda uma classe. Não sei sequer se és professor. Mas sabes, tão bem como eu que incompetência há em todas as profissões, ninguém com meia dúzia de neurónios põe isso em causa. Esse argumento do género "queria ver se fosse com vocês" não tem cabimento. Um abraço, nuno.

6:35 da tarde  
Blogger Freddy said...

E quem avalia quem avalia?

7:08 da tarde  
Blogger piscoiso said...

Essa experiência anda a ser feita no futebol, com os avaliadores dos árbitros e não está a resultar.

8:00 da tarde  
Blogger Luis Silva said...

Olá boa noite. Venho por este meio solicitar a vossa presença no II.º encontro nacional de bloggers na Serra da Estrela, a realizar no dia 15 de Abril. O programa já se encontra à disposição dos interessados no meu blog.

12:24 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Tá bom de ver... os senhores professores autores deste blog até parece que não beneficiaram de favores para estar onde estão... essa é que é essa!!!

2:07 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deixo a minha sugestão para pergunta de exame. Por exemplo para recruta de história: Quem foi o 1º Rei de Portugal? R: D. A. Henriq. Muito bem, resposta do avaliador, podes ser prof. de História. Ridiculo.

4:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

vocês foram avaliados??? estou a ver os "cana" a fazer estas provas... um pouco de vergonha não ficava mal!

Defendo que a avaliação deve ter efeitos retroactivos!!! assim os "vilhas" que prestam tão mau serviço seriam postos noutros lugares!!!

que me dizem???

Avaliar, sim!!! Não às cunhas!!! Não à hipocrisia!!!

4:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site! film editing schools

1:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home