quarta-feira, junho 07, 2006

AS GAJAS TÊM MESMO UM CÉREBRO MULTITASK (POSTE COM ASPECTO DE RELATÓRIO CIENTÍFICO, JÁ A PENSAR EM BOLONHA)
Já suspeitava disso mas hoje confirmei o fenómeno, observando um objecto (gaja), ao vivo, a desempenhar bué de tarefas em simultâneo:
- Estava sentada aos comandos dum carro, aparentemente a conduzi-lo;
- Como o trânsito estava engarrafado, o objecto (gaja), escrevia uma sms no telemóvel com a mão direita;
- Simultaneamente, o dedo indicador da mão esquerda tirava macacos do nariz;
- Extraído o macaco do orifício, o objecto (gaja) desviava momentaneamente o olhar do telemóvel, observava a matéria-prima na ponta do dedo e
- Introduzia o dedo na boca, completando o processo com um subtil movimento de sucção, visível pela contracção das bochechas e dos lábios;
- A mensagem continuava a ser escrita com a mão direita;
- O dedo indicador da mão esquerda reincidia na sua actividade de recolecção alimentar.
- O carro era um Yaris cinza metalizado.
ANIMAL (PROFESSORDOUTOR POR EXTENSO E TUDO)
não foi possível (tendo em conta o ponto de observação) determinar a cor e a consistência do macaco

14 comments:

Blogger hlevy said...

qual o interesse em dizer a marca do carro?

12:50 da manhã  
Anonymous Atena said...

Se fosse num fiat 600 não dava para conduzir com os pés

3:01 da manhã  
Blogger Huckleberry Finn said...

É que este fenómeno... quase como acasalamento tem os seus pré-requesitos. É preciso ter um carro (cinzento de preferência), estar parado no trânsito e manipular o telemóvel.

9:17 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

http://lascarino.blogspot.com/

10:06 da manhã  
Blogger Eric Blair said...

Publicidade encapotada à Toyota.
A mensagem que subtulmente passa é a de que o Yaris se conduz sozinho.
A ciência dos cifrões, tanto mais grave quanto mais extenso.
Macacos me mordam...

2:14 da tarde  
Blogger Eric Blair said...

está para ali um u que deveria ser um i, mas que se lixe, estamos na época do transformismo.

2:15 da tarde  
Blogger Animal said...

era tão subtul que nem tinha por nada...

7:02 da tarde  
Blogger piscoiso said...

Agora fiquei com curiosidade de saber a marca e o modelo do telemóvel, que permite a simultaneidade de operações tão complexas.

8:07 da tarde  
Anonymous carneiro said...

Não sejas assim, senhorprofessordoutor animal,

à excepção da comezaina - que desde criança não pratico, pelo menos, de forma consciente tirar um macaco do nariz e mirá-lo, olhá-lo com olhos de ver é uma tarefa de tão requintado recorte subjectivo, demonstrativo de tão infinita curiosidade científica, que deve ser louvado.

Aliás, o verbo mirar só existe por causa do macaco. Pois só no macaco a miradela atinge plenitude semantica.

Estás a armar-te em "estraga miradas" ou quê?

10:30 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

É pá: agora tenho a certeza de que estou no caminho certo para ter uma vidinha descansada.... E já agora, meu granda camelo, era eu que tava no Yaris cinzento e chupei o macaco porque o que me apetecia era outra coisa.... mas não digo, porque a vossa consciência católica não vos permite assumir que a uma gaja lhe apeteça outra coisa que não o macaco e além disso é tudo inveja porque só conseguem fazer uma coisa de cada vez, e mal, ainda por cima.... para a próxima, diz qualquer coisinha!

9:43 da tarde  
Blogger Noviça Constança said...

epah, assim tá bem!

12:31 da tarde  
Anonymous Serrana said...

Ó animal, diz lá que n te apeteceu dar uma chupadela no real macaquinho da senhora do Yaris... até querias dar uma voltinha de Yaris e tudo...

12:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

That's a great story. Waiting for more. »

2:57 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! »

7:53 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home