terça-feira, dezembro 26, 2006

CRÉDITUGA
Crédito ao consumo de cobrança duvidosa aumentou 58% em Outubro.
Basta olhar para os montes de embalagens em redor dos caixotes do lixo para se perceber que foi um Natal à tromba estendida.
Esperem pelos números de Dezembro ...
WALDORF

5 comments:

Blogger luikki said...

é pá....
mas parece que aquele gajo que dizem que é engenheiro fez um discurso em tom de falsete a imitar o cadáver de santa comba e disse que o rectângulo estava a dar uns passos e que estava tudo melhor....

10:04 da tarde  
Anonymous Henry Pote said...

Cadáver, uma ova! Ele está incarnado nesse tal de engenheiro. Acordai, ó gentes da minha terra!

10:19 da tarde  
Blogger Animal said...

incarnado num sei, pra mim é mais pró cor de rosa...

10:40 da tarde  
Blogger Clara said...

É extraordinário como se proíbe fumar por todo o lado e se autoriza a obscenidade dos anúncios, a toda a hora e em todo o sítio, do crédito ao consumo. É a sociedade evoluída, estéril e urbana no seu melhor.

Valeu a chamada de atenção, obrigado.

12:39 da manhã  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Isto é quase um paradoxo: se se consome, ai Jesus que aí vem a crise do crédito mal parado, despesismo, etc.. Se não, é o marasmo, o medo, o travão ao investimento (pois se não há escoamento dos produtos...); enfim, presos por ter cão, presos por não ter!

12:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home