sábado, março 03, 2007

AINDA NÃO É DESTA
Médico acusado de burla de 4 milhões ao Estado: Marcou consultas de pediatria a reformados da função pública e exames ginecológicos a homens.
Sim, e qual é o problema?
Quem não conhece o ditado, de velho se torna menino? E hermafroditismo: já ouviram falar?
Este é, claramente, mais um caso para arquivar na gaveta dos alegados atestados médicos forjados e dos supostos erros médicos.
WALDORF

3 comments:

Blogger A mão que escreve said...

Se não fosse assim, de que é que servia os tribunais gastarem tanto dinheiro em dossiers de arquivo???

9:33 da tarde  
Anonymous Ronin said...

preso por ter cão e preso por não ter...
Bora lá acusar o homem ne neglegencia ah ah!!!!!!!!

3:19 da tarde  
Blogger O Profano said...

e se tambem investigassem o nome a quem foram passados as tais consultas?!

4:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home