quinta-feira, dezembro 06, 2007

FALANDO EM SUPERMERCADOS
lembrei-me do imposto sobre os sacos de plástico que os gajos que nos governam iam-mas-já-não-vão lançar.

Foi pena que os paizinhos deles não tivessem usado um destes sacos de plástico quando andaram a brincar aos maridos e às mulheres com as suas (deles, governantes) santas mãezinhas.
ANIMAL

Etiquetas:

6 comments:

Blogger Waldorf said...

Por acaso tinhas gostado que te fisessem o mesmo?

(esta é para meditares ANIMAL)

5:30 da tarde  
Anonymous Jokerpintas said...

Não percebo a indignação com esta taxa que nos queriam impor e fico desiludido se não o fizerem. A única forma de ser contra isto é ser ignorante em várias areas ao mesmo tempo. Em primeiro lugar nos problemas criados pelo plástico na natureza, em segundo lugar na absurda necessidade dos portugueses de gastarem sacos a mais ( provado pelo grupo jerónimo martins que no mesmo periodo em que aumentou as vendas no Pingo Doce em 23% reduziu o número de sacos em 50% apartir do momento que passaram a cobrar pelo mesmo ) e por último lugar revela uma ignorância sobre o que se passa fora deste nosso canto da europa onde em qualquer pais desenvolvido se paga pelos sacos há muitos muitos anos.

5:39 da tarde  
Blogger Statler said...

Joker, encheste-me o saco!

5:48 da tarde  
Blogger Animal said...

o meu pai tinha a mania de furar as borrachinhas por causa daquela bolha de ar que atrapalha imenso

10:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

C� est�o os fundamentalistas...que normalmente s�o os que mamam na teta da vaca (leia-se estado)...o problema � civismo...deixem-se de fundamentalismos...e n�o queiram fazer filhos em mulher alheia...o estado j� inventa taxas e mais taxas...qualquer dia � uma para cagar e outra para respirar...
#

10:22 da tarde  
Blogger Lua said...

Muito bem visto sim senhor ...lol

8:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home