quinta-feira, fevereiro 28, 2008

CAROLINA DESCODIFICA
“Estavam a falar em código, diziam fruta, fruta para dormir, e café com leite. Quando desligou, o Jorge Nuno disse-me que o Araújo ia contratar prostitutas para o Jacinto Paixão”
Ainda bem que o tribunal chamou uma especialista em Semiótica.
No fundo no fundo o caso não devia ser apito, mas sim Pito Dourado, como o anterior.
WALDORF

6 comments:

Blogger António de Almeida said...

-Chamaram a ASAE para aferir da qualidade da fruta?

2:52 da tarde  
Blogger Enigma said...

"No fundo no fundo o caso não devia ser apito, mas sim Pito Dourado"

Mas...e não é?

3:09 da tarde  
Anonymous fónix said...

Resta saber se a fruta era madura, se obedecia à calibragem imposta palos bilderbergs da UE ou se, pelo contrário, era muito bichosa e a preços de saldo!
Solicite-se à sôra D. Carolina esse detalhe, a bem do cabal esclarecimento da verdade.

4:04 da tarde  
Blogger Vicente said...

Não acredito que o Jorge Nuno Pinto da Costa diga, alguma vez tenha dito, "prostitutas". Bom gestor como é, não ia gastar 11 letras pudendo usar só 5.

8:09 da tarde  
Blogger Francis said...

eu achava que ra a Pita Dourada...

11:09 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O Jorge Nuno nunca percebeu nada destas coisas, o futebol sim mas isto...,por isso houve engano; não seria a dourada da pita?ESSA VALIA DINHEIRO

12:04 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home