quinta-feira, março 20, 2008

GRAVÍSSIMO PÁ!
Perante um gravíssimo atentado à propriedade privada como este vídeo documenta, que faz o governo?

Atão os coitadinhos dos infantes, essas sementes do futuro da nossa pátria e até mesmo do país, não podem estar numa aula com os telemóveis ligados? Já não é suficiente o castigo de estarem numa sala a aturar coisas sem o mínimo de interesse e não se pode mandar uns toques? Receber umas pics giras? Mandar uns textos? E o plano tecnológico? E o domínio das TIC? Os setôres, além de serem o inimigo ancestral, agora deram em ladrões? A roubar telemóveis?
Ah!
ANIMAL
isto fez-me lembrar daquela vez que sugeri a instalação dum barrador de frequências para bloquear o uso intolerável dos telemóveis na biblioteca duma conhecida Universidade no interior deste país giríssimo. Duas alunas, quando se aperceberam do que se passava, fizeram queixa à ANACOM e a ANACOM mandou retirar o aparelhómetro, pois estava-se a violar o sagrado direito à livre expressão e comunicação (especialmente numa biblioteca que, como se sabe, é um sítio dedicado à nobre missão de preservar e difundir saberes)... portanto, nada de novo debaixo do sol. Apenas estamos cada vez mais grunhos.

Etiquetas:

30 comments:

Anonymous fónix said...

Ínclita geração, altos infantes!
Eu diria, Ínclita canalha, alarves grunhos!
Quo vadis Tugalândia?

9:06 da tarde  
Blogger Animal said...

pró precipício e maizálémmmmm!.......

9:11 da tarde  
Blogger Afectos said...

Haja respeito de ambas as partes. Conhecimento é o objectivo.

9:28 da tarde  
Blogger Animal said...

conhecimento, aqui, só se for de artes marciais....

10:30 da tarde  
Blogger Eric Blair said...

vergonha de ser português

10:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

www.youtube.com/watch?v=pm1CJPIqUpI

É seguir os bons exemplos...

10:41 da tarde  
Blogger Afectos said...

Quando falo de conhecimento falo de comunicação entre as partes. O objectivo do professor não é debitar e do aluno não é estar sentado ouvindo.

11:51 da tarde  
Blogger Animal said...

ouvir, só se for o telemóvel a tocar...

12:11 da manhã  
Blogger Afectos said...

animal
não existe seguro contre todos os riscos.
se não entendida posso explicar melhor...

12:19 da manhã  
Blogger Francis said...

alguem dê uma bofetada aquela miuda...please.

12:24 da manhã  
Blogger Eric Blair said...

pois, afectos, estamos todos de acordo: o objectivo do aluno não é seguramente o de estar sentado, e muito menos o de estar ouvindo. É mais o de se estar cagando, que também é gerúndio e, por isso mesmo, lindo.

12:31 da manhã  
Blogger Afectos said...

francis e eric blair (como uma professora uma vez disse da minha expressão [francesismo? eu digo inglesismo?]
é a vossa única solução que vos ocorre?
Já presenciei mais desaforos sem ser professor. Comentei quando foi preciso. Mas como devem saber é tudo uma questão de educação. Primeiro dos pais e depois dos “professores”.

12:43 da manhã  
Blogger Animal said...

ok, ok, agora sem ajarvardar: é óbvio que estão muitas coisas a cheirar mal no reino da escola.
eu tenho aqui em casa uma tineijer inconçiente com 13 anos e mostrei-lhe o vídeo e ela ficou envergonhada com o que viu. ela também reclama contra os setôres (e algumas das queixas até fazem sentido, embora outras sejam perfeitamente pueris), mas ver aquilo de que às vezes se fala mexeu com ela.

aquele comportamento - tanto da aluna como dos colegas - demonstra o tipo de educação que trazem de casa. a escola serve para instruir, proporcionar conhecimento, aprender a trabalhar. e educação, os valores, o respeito, são incumbência da família (célula base da sociedade ou lá que raio é que chamam a isso). embora o ministério se chame da educação, acho que o nome foi muito mal escolhido. essa parte compete aos velhos, cotas, pais. a instrução é que é prós setôres.

back to javardeira.....

12:45 da manhã  
Blogger Animal said...

também me pareceu que esta rapaziada estava a ser muito bem preparada paro o espírito de bolonha. aquela coisa de ficarmos a par dos europeus e tal: pelo menos a nível dos hooligans acho que estamos no bom caminho...

12:48 da manhã  
Blogger Animal said...

substituí o video que estava lá em cima por este da SIC Notícias, pois as identidades dos intervenientes estão filtradas. para evitar visitas dum advogado de alguém...

1:20 da manhã  
Blogger Afectos said...

Este comentário foi removido pelo autor.

1:50 da manhã  
Anonymous fónix said...

Esta é a escola de Lurdes Rodrigues que eu não quero para os meus netos! Embora sejemos todos nós e particularmente os pais daqueles javardos que se vêm e ouvem no vídeo os principais responsáveis por aquele inqualificável circo!

9:36 da manhã  
Anonymous fónix said...

Corrijo: "sejamos" e não "sejemos".

9:38 da manhã  
Blogger António de Almeida said...

-Na 5 de Outubro, podem os burocratas orgulhar-se do resultado obtido pelo actual sistema de ensino, o eduquês. Aquela turma acabou por prestar um serviço ao país, mostrando o estado a que chegou o lamentável sistema de ensino. Seria necessário alterar todo o estado de coisas, conferindo autoridade á escola e aos professores.

11:42 da manhã  
Blogger Animal said...

não basta acusar o eduquês de tudo o que acontece. os paizinhos, ao demitirem-se da sua função e passando procuração à escola para fazer o que eles não fazem são grande parte do problema. basta assistir às reuniões com a directora de turma e ouvir os comentários dos papás e das mamãs sobre o glamour e o brilho intelectual (nunca devidamente reconhecido) dos seus rebentos e as reclamações idiotas que apresentam sobre os professores - especialmente de matemática - e a manifesta falta de interesse e relevância das matérias que insistem obsessivamente em ensinar às pobres crianças. e privar os miúdos do uso do telemóvel? isso não se faz! e até já há por aí uns juristas iluminados a reiterar a história da ANACOM: o uso do telemóvel é um direito constitucional que nenhum regulamento de escola pode revogar. os putos podem ser parvos, mas esse tipo de informação eles têm. e sabem os direitos que têm. quanto aos deveres, são as associações de pais e os educólogos os primeiros a alijar os pobres miúdos dessa canga...

o que vale é que cá em casa somos fáçistas e não alinhamos nessas modernices...

12:26 da tarde  
Blogger Carlos Alberto said...

Assisti com profundo desgosto ao vídeo em que uma aluna desrespeita uma professora, por causa de um telemóvel. A falta de respeito a um professor, é para mim sintomático dos tempos que correm, mas não estranhei que isto esteja a acontecer nas nossas escolas. Os pais desinteressaram-se da educação dos seus filhos, e hoje em dia tratam-nos com pequenos príncipes contribuindo para este tipo de situações.
Mas os professores, não se podem colocar de fora, deste ambiente de falta de respeito.
Quando num programa de televisão insultam, em directo, a sua superior hierárquica chamando-a de mentirosa, que respeito podem esperar dos seus alunos?
Quando se comportam, sem o mínimo de civismo à porta de sedes de partidos políticos, insultando um 1º Ministro, seja este ou outro qualquer, que respeito podem esperar dos seus alunos?
Quando convocam contra-manifestações de carácter intimidatório, tendo em vista limitar o direito à livre reunião de militantes de um partido, que respeito podem esperar dos seus alunos?
E por fim, como diz o tomas vasques,
(...)" Os alunos sabem de tudo isso e comentam entre eles. O respeito e a autoridade não são servidos de bandeja, conquistam-se. Quem não se dá ao respeito, dificilmente será respeitado."
Lá diz o povo na sua imensa sabedoria, QUEM SEMEIA VENTOS, COLHE TEMPESTADES. O Ministério Público, deve rapidamente tomar conta da ocorrência.

1:41 da tarde  
Blogger Eric Blair said...

Solução, afectos? Qual solução? Eu falei em solução?
Eu apenas fiz uma afirmação: a maioria dos alunos está cagando para a escola, as aulas, os professores e, já agora, oa pais (só que estes últimos ainda não descobriram). O que o famoso vídeo mostra é, infelizmente, algo absolutamente banal.
Não deixa de ser curioso é o espanto de toda a gente em face do ocorrido: armam-se em donzelas ou não sabiam mesmo que era assim?

ps.(r) onde anda o acólito da ministra? Aquel das associações de pais.

1:43 da tarde  
Blogger Eric Blair said...

devemos, portanto, Carlos Alberto, concluir que "aquela professora já devia ter feito das boas, e só isso justifica a atitude perfeitamente compreensível da pobre e oprimida aluna"?

Já agora, e sem querer abusar do seu iluminismo, explique-me por favor porque é que ao chamar mentiroso a um mentiroso estou a incorrer nalgum tipo de incorrecção comportamental.

1:51 da tarde  
Anonymous fónix said...

Onde anda o acólito das associações de pais, onde anda o sr. Valter Lemos, onde anda o empedernido sr. Pedreira, onde anda a própria ministra, para darem uma explicação ao país? Uma só!
O que naquele vídeo se reproduz é prática corrente em todas as escolas. Esta e outras violências bem mais graves. Diariamente!
Porquê tentar negar ou ocultar esta evidência?

2:01 da tarde  
Blogger Cristina said...

bonita é a cabecinha do gajo que filmou!

é como assistir a um acidente e em vez de ajudar ficar a filmar a coisa para deleite proprio e de quem não teve oportunidade de assistir...aí está como se transforma um cobarde em heroi.

4:54 da tarde  
Blogger Cristina said...

quanto aos pais, ó animal, de acordo contigo. basta assistir a uma reunião de pais e ficas a saber sem grande margem pra erro quem é que tem filhos destes...completamente atrasados mentais..é por isso que ja não vou a nenhuma.

ahh, na ultima a que fui, havia uma mãe que como não deixa o filho ir a visitas de estudo nem a festas e às vezes nem às aulas (não confia em ninguem para acompanhar o filhinho...). este ano ja atingiu o limite porque segundo dizem os colegas à segunda fica sempre a descansar do fim de semana. mas dizia eu, na tal reunião, a madame, queria obrigar a escola a fazer menos visitas de estudo porque o filho, como não ía a nenhuma, ficava prejudicado.....:/ (ameaçou até fazer uma queixa num sei a quem,...

agora imaginem lá que filhinho será este..

5:04 da tarde  
Blogger Animal said...

no mínimo, vai a secretário de estado...

5:55 da tarde  
Blogger Jacinto said...

E não haverá uma ligação lógica entre o regime político (basta ver e ouvir os bípedes que nos "governam")que temos e estas obscenidades?

7:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Carlos Alberto boy boy

5:41 da tarde  
Blogger aurora said...

a parte dos comentários que eu mais gostei foi o
back to javardeira...

9:44 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home