quinta-feira, janeiro 29, 2009

FINALMENTE, UMA EXPLICAÇÃO DE JEITO
Há um tio de José Sócrates, chamado Dias Loureiro, que queria abrir um Banco Insular no Freeport de Alcochete. Para isso, explicou aos deputados, teve uma reunião informal com os dirigentes do BPP, sendo que, por engano, os repórteres de televisão passaram a tarde de ontem à porta do BPN, onde as autoridade policiais, sob as ordens da procuradora Felícia Cabrita, procuram dois bilhetes de cinema utilizados por um fulano chamado Oliveira e Costa e por um inglês cujo nome me escapa. Dizem os jornais do dia que a conversa entre Oliveira e Costa e o tal inglês, gravada em DVD por uma meia cunhada de Vítor Constâncio, terá ocorrido durante a exibição de "Os Malucos do Riso - O Filme", exibido no Forum de Almada, o qual terá sido construído em plena ZPE da A2, com financiamento da Quercus.
Só continuo sem perceber aquela coisa do relatório da OCDE. Era em papel reciclado?
ANIMAL

Etiquetas:

7 comments:

Anonymous fónix said...

Ehpá! Isto afinal ainda é muito confuso. Ou esta explicação é para gajos com QI's muito elevados?

4:00 da tarde  
Blogger Animal said...

lê devagar. faz um intervalo de uma hora entre cada frase. Freeport, você chega lá...

4:53 da tarde  
Blogger Pipinha said...

E "mai nada"... Papel reciclado ou higiénico é só uma questão que o nosso eng. sanitário tem de resolver!!! best regards

6:51 da tarde  
Blogger a saber said...

boa reportagem. beijos franceses são do melhor que há.

7:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Até que enfim! A verdade começa a vir ao de cima!
José Pinto

7:58 da tarde  
Blogger Eric Blair said...

faz tipo todo o sentido

8:05 da tarde  
Blogger Animal said...

tipo, mazé que, tipo, faz mêmo...

10:05 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home