sexta-feira, fevereiro 13, 2009

A BOLSA OU A VIDA
Ana, de 26 anos, bolseira da Universidade de Coimbra, conseguiu escapar ao ladrão de universitárias. "Acho que o surpreendi porque não lhe dei importância", contou ontem a bolseira, abordada há três semanas nas traseiras da Biblioteca Geral da UC. Ia para o carro, estacionado a alguns metros, quando ouviu: "Chega aqui!(...) "Passa para cá o dinheiro."(...)Respondeu, "Sou bolseira e não tenho dinheiro." E continuou a andar (...).
Mentirosa, retorquiu o ladrão, se és bolseira como podes ter um carro?"
Ora essa, porque o meu pai é um empresário que declara o ordenado mínimo, disse-lhe ela.
Então passa para cá o graveto que ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão, concluiu o ladrão, com um sorriso de orelha a orelha.
WALDORF

Etiquetas:

4 comments:

Blogger Animal said...

O carro era aquele AllRoad?

3:18 da tarde  
Blogger WALDORF said...

Levou esse porque era sexta-feira e ia passar o fim-de-semana a Baquera-Beret.

3:26 da tarde  
Blogger francis said...

eu vi-a em Paz de La Casa, com o Touareg...ía bem acompanhada...

5:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o gajo enganou-se, devia raptar a moça, corre-se o risco de fazer o mesmo que o pai...

5:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home