quarta-feira, julho 29, 2009

COSTA & LOPES LDA

Os candidatos à Câmara de Lisboa protagonizaram ontem o primeiro debate televisivo. Parte significativa dos cerca de três quartos de hora do debate foi passada a discutir a responsabilidade do endividamento da autarquia.
E mesmo assim António Costa não percebeu que pagar aos fornecedores com dinheiro emprestado pelo banco não é o mesmo que reduzir a dívida.
O sound byte da noite vai para Santana Lopes, que para se referir ao excandidatoindependentebloquistaagoraindependentesocialista, disse: "aquele que planta girassóis e quer apanhar berbigões no Tejo". Razão tem a malta do Gato Fedorento: com Santana, as anedotas escrevem-se sozinhas.
WALDORF

Etiquetas:

4 comments:

Anonymous Anónimo said...

O Costa sempre teve cara de trauliteiro.

Agora ri porque tem as costas quentes

É provocador e arruaceiro e nalcriado

Depois é um burro esperto.

Está a dever mais que o Santana Lopes mas aquela cabeça está cheia...

não entra mais nada

Xico da Sé

2:29 da tarde  
Anonymous Gustavo Menezes said...

Acho que este debate mostrou os primeiros sinais evidentes que António Costa não tem nada a dizer, entra em repetição após 15 minutos e vai beliscando Santana Lopes até este responder. Mas engana-se se acha que ganha essa batalha.

4:30 da tarde  
Blogger Pensamentos soltos said...

Gostava de ter ouvido, mas para mim os políticos é como fralda de bebé, muda-se sempre pelo mesmo motivo.

8:53 da tarde  
Blogger inês costa said...

Ah, esta das fraldas está bem boa! Se me disserem de novo que Portugal é o país do fado e do saudosismo deprimido, conto a das fraldas. É certinho.

8:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home