quinta-feira, maio 19, 2011

BREIQUINGUE NIÚS: PELA PRIMEIRA VEZ ESTOU DE ACORDO COM O SENHOR PRESIDENTE

9 comments:

Blogger Bartolomeu said...

Apesar de contraditório, na medida em que não à muitos anos, o mesmo Cavaco Silva, negociou a vinda de fundos comunitários com o fim de aniquilar a agricultura portuguesa, percebe-se que o Presidente está a tentar "emendar a mão".
Não será o recurso à agricultura que fará o país recuperar-se económicamente mas, talvez premita que alguns portugueses, não morram de fome...

10:37 da manhã  
Anonymous fónix said...

Ora, ora! O homem tem é medo que lhe venha a faltar a comidinha.

1:13 da tarde  
Blogger Ana Paula Afonso said...

:-)

8:32 da tarde  
Blogger Pensamentos soltos said...

Talvez um "reset" até 90/91 fizesse jeito a este rectângulo, eles não vivem só de papel...

4:32 da tarde  
Blogger الرجل ذبح بعضهم البعض ولكن الخيول باهظة الثمن said...

não é boa ideia

com agricultores quase todos acima dos 65 anos

o cultivo do cânhamo alem de prevenir glaucomas fornece fibras

mas também dá para fazer cordas
e pessoal a enforcar-se é moda que já passou e fica mal querer voltar

além disso tira a fome o que seria bom para a mão de obra contratada

mas péssima para os velhotes já desnutridos

plantar agricultores era muito melhor

pegam-se nos políticos que irão cair no desemprego plantam-se
regam-se

e daqui a um ano nascerão searas de agricultores

11:05 da tarde  
Blogger Animal said...

hmmm... o conceito é razoável, mas a genética é um problema: qualquer descendente desses políticos desempregados replicará as taras genéticas dos seus ancestrais. as jotas são a demonstração disso mesmo.

9:58 da manhã  
Anonymous Humpty Dumpty said...

seria engraçado ver as vacas e as cabras a pastar com cannabis. Então e os toiros na arena? Isso sim, seria excelente... Yoo borrego, legalize it!!!

6:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

os políticos cada vez marram mais será da canabis ?

7:30 da tarde  
Blogger Animal said...

nah... isso é do ácido com muita estriquinina

10:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home